Negociações com o Guanabara avançam, mas Sindicato cobra proposta melhor

O Sindicato realizou a terceira reunião de negociação com o Guanabara para discutir a proposta de renovação do acordo com a empresa no dia 29 de março. Na negociação, os patrões apresentaram um avanço na pauta, porém ainda aquém do que merecem os comerciários e do que foi proposto pelo Sindicato.

Guanabara

A contraproposta apresentada pelos patrões foi de aumento no pagamento da cesta básica para R$ 140,00, mantendo os mesmos moldes do acordo anterior para a utilização do cartão. O Sindicato tinha proposto o aumento para R$ 180,00 e mudanças no modelo de pagamento do cartão, que passaria a ser de uso livre do trabalhador, podendo ser utilizado dentro ou fora da empresa.

Para os domingos e feriados, os patrões também apresentaram um avanço e querem pagar R$ 62,00 e R$ 67,00 pelos dias trabalhados, respectivamente. Mas também ainda abaixo da proposta do Sindicato.

O presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, avaliou mais essa reunião com os patrões: “O avanço está se dando aos poucos, por isso seguimos na luta por um melhor acordo, principalmente do ponto de vista da cesta básica e do trabalho aos domingos e feriados. É preciso que a empresa entenda que estamos em um momento de inflação nos preços dos alimentos, o que prejudica ainda mais os trabalhadores. Queremos que a empresa faça uma proposta melhor”, afirmou o presidente.

A pauta de criação do canal de denúncia para as mulheres do Guanabara ficou para ser discutida no próximo encontro, que ainda não possui data marcada. O Sindicato vai seguir na luta pela aprovação de um melhor acordo para melhorar as condições de trabalho dos comerciários do Guanabara.

Leia também:
Sindicato insiste em melhorias no acordo coletivo com o Guanabara

Sindicato negocia renovação de acordo coletivo com o Guanabara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um + treze =