Sindicato negocia renovação de acordo coletivo com o Guanabara

O Sindicato participou nesta semana de uma reunião com representantes patronais para dar início a renovação do acordo coletivo de domingos e feriados com o Guanabara. Na negociação, foram apresentadas reivindicações, que serão avaliadas pelos patrões nas próximas semanas.

Uma das principais pautas foi o pedido de mudança no valor da cesta básica, de R$ 120,00 para R$ 180,00, de modo a corrigir a defasagem provocada pela inflação no país. Neste caso, a empresa deve fornecer a todos os empregados uma cesta básica mensal, por meio de um cartão de uso livre do trabalhador, podendo ser utilizado dentro ou fora da empresa. O pagamento pelas horas trabalhadas aos domingos e feriados também foi discutido, para que os patrões avaliem e considerem.

Na ocasião, estiveram presentes o presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, além de diretoras e advogados trabalhistas do SEC/RJ. Márcio Ayer comentou o encontro. “Foi uma conversa positiva, em que pudemos expor muitas questões que os comerciários trouxeram durante as assembleias da semana passada. Por isso, foi uma chance que tivemos de apresentar esses problemas e reivindicar melhorias das condições de trabalho dos comerciários”. O presidente também se mostrou na expectativa pela aprovação da proposta de aumento na cesta básica. “Esperamos conseguir aprovar essa proposta, porque sabemos o quanto isso é importante para os trabalhadores, principalmente neste momento de crise e inflação no país”, afirmou.

Entre as pautas, também esteve a proposta de criação de um canal de denúncia para as mulheres do Guanabara, em função dos inúmeros casos ocorridos de violência contra a mulher. Por isso, o Sindicato cobrou que a empresa se comprometa a disponibilizar um canal exclusivo para as comerciárias, a fim de permitir uma comunicação imediata com os órgãos competentes.

O próximo encontro está previsto para ocorrer na próxima terça-feira (22/03), em que serão mais uma vez discutidas as pautas propostas pelo Sindicato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × quatro =