Fecomércio não propõe aumento real e insiste em abertura na terça de carnaval

Em nova reunião de negociação, realizada no dia 17, a Fecomércio apresentou uma proposta de reajuste de 3,23%, o que cobre apenas a inflação do período. O Sindicato, novamente, enfatizou que é preciso valorizar os trabalhadores, garantindo o aumento real nos salários.

fecomercio

Mais uma vez, os patrões insistiram na liberação para a abertura das lojas na terça-feira de carnaval, sendo mais uma vez rejeitado pelo Sindicato.

“Não aceitamos a abertura das lojas em um dos poucos dias que o comércio não pode convocar seus funcionários. Nossa proposta vai de encontro a essa postura dos patrões. Queremos debater a redução da jornada, principalmente nos dias 24 e 31 de dezembro, além da redução de carga horária aos domingos”, reafirma Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Na negociação, o Sindicato também cobrou a mudança de jornada para as mulheres aos domingos, na escala 1×1. Porém, os patrões ainda insistem no 2×1.

O Sindicato também solicitou alterações na cláusula sobre provas escolares, para que também sejam liberados os funcionários que realizarem concurso ou Enem. 

A próxima reunião de negociação ficou marcada para o dia 01 de julho.

Leia também: Fecomércio quer liberação do trabalho na terça de carnaval

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =