Comércio amplia vendas e fatura alto, diz IBGE

O patrão tá de bolso cheio! Segundo levantamento do IBGE divulgado no dia 11, com destaque em toda a imprensa, as vendas do comércio varejista subiram 1% em fevereiro ante o mês de janeiro. Na comparação com fevereiro do ano passado, a alta do varejo ampliado – que inclui material de construção, veículos e atacado de alimentos – foi de 9,7%.

comércio São resultados que superam as expectativas de todos os analistas e demonstram uma forte retomada do crescimento da economia. Faturando alto desse jeito, vai ficar complicado para os patrões inventarem desculpas para negar um reajuste justo aos trabalhadores do comércio.

Campanha salarial 

Os comerciários do Rio estão em campanha salarial, momento crucial da luta por melhores salários e condições de trabalho. Na última assembleia realizada pelo Sindicato dos Comerciários do Rio, Miguel Pereira e Paty do Alferes a categoria aprovou, por unanimidade, uma pauta de reivindicações que inclui, dentre outros pontos: a diminuição da jornada de trabalho sem redução dos salários, o fim da revista íntima e a proibição de transporte de valores pelos trabalhadores no comércio.

Em relação aos salários, foi aprovada a exigência de reposição das perdas para a inflação – segundo o índice INPC, que será divulgado pelo IBGE em maio – e ganho real de 3%. Reivindicação justa e perfeitamente viável para as empresas, diante do grande aumento do movimento das vendas desde o ano passado.

“Apesar de estarem de bolso cheio, na hora da negociação os empresários vão chorar miséria e resistir a dividir os lucros com os trabalhadores. Faz tempo que a gente sabe que patrão só abre a mão na base da pressão. Só teremos conquistas com a participação efetiva da categoria na campanha salarial”, alerta o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =