Dia da Democracia: proteger e fortalecer um bem tão precioso

postado em: Notícias | 0

O Dia da Democracia no Brasil foi instituído em homenagem ao jornalista Vladimir Herzog, morto em 1975 nos porões da Ditadura Militar. A data serve para honrar a memória dos que morreram lutando por justiça e igualdade. Relembra também aqueles que sobreviveram às torturas na busca pela liberdade, direitos humanos, imprensa livre e pelo direito ao sufrágio universal – onde cada brasileiro, através do voto, pode eleger nossos governantes.

“Essa é uma data para celebrarmos, principalmente depois dos episódios do 8 de janeiro. A CPMI da tentativa de golpe e as decisões do Supremo Tribunal Federal mostram que a sociedade não vai tolerar ações de grupos que propagam o ódio e não respeitam o legítimo resultado das urnas”, avalia Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Recentemente, no dia 08 de janeiro, o Brasil viveu um episódio de terrorismo. Cerca de 4 mil vândalos invadiram a Praça dos Três Poderes e atacaram as sedes dos poderes constituídos, em uma tentativa de golpe fracassada. Os radicais depredaram o patrimônio público em uma direta contestação ao resultado das urnas. Até o momento, os prejuízos aos cofres públicos já passam de 20 milhões, uma conta que será paga por todos nós.

Segundo o STF, 2.151 pessoas foram presas em flagrante a partir do dia 8 de janeiro em Brasília. Até o momento, 12 foram condenadas por depredar prédios públicos, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, tentativa de golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa armada e deterioração de patrimônio tombado. As penas variam de 12 a 17 anos de prisão.

O relatório final da CMPI do 8 de janeiro, que investigou os atos antidemocráticos, concluiu-se, no último 18 de outubro, com o pedido de indiciamento do ex-presidente Jair Bolsonaro e de mais 60 pessoas por tentativa de golpe de Estado.

O Brasil possui uma democracia recente, reconquistada em 1985, após uma luta que reuniu amplos setores da sociedade. Também consolidou um dos mais avançados sistemas de votação utilizado, reconhecido internacionalmente. São mais de duas décadas de utilização da urna eletrônica, que já se tornou símbolo de lisura e segurança. Que as condenações sirvam de exemplos a todos que atentarem contra a soberania nacional, que tem o voto como uma das maiores expressões da vontade popular e alicerce da democracia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 9 =