115 anos: celebração e muitas homenagens

Uma celebração à altura dos 115 anos do Sindicato! Uma noite que reuniu muita gente na sede da entidade para comemorar as conquistas, principalmente nos últimos anos, prestar homenagens e destacar a importância do movimento sindical organizado na vida dos trabalhadores.

115 anosO auditório do Sindicato ficou lotado com dezenas de comerciários da ativa e aposentados, incluindo vários que vieram da Miguel Pereira e Paty do Alferes. Na abertura, o presidente Márcio Ayer agradeceu as presenças e destacou que “celebrar 115 anos nesse cenário de retomada, a partir do governo Lula, é muito importante. Da mesma forma, a secretária-geral do Sindicato, Alexsandra Nogueira, relatou as dificuldades iniciais quando o Sindicato voltou para as mãos dos trabalhadores, em 2015, destacando que hoje a entidade chega aos seus 115 anos sendo muito respeitada.

O ato contou também com as presenças do presidente do Sindicato dos Comerciários de Caxias do Sul, Nilvo Riboldi, que homenageou o SECRJ com uma placa pelos 115 anos, com o presidente da CTB-RJ, Paulo Farias, com a deputada estadual Dani Balbi, e o superintendente regional do Trabalho, Alex Bolsas, representando o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho.

Homenagens

O ato ainda prestou importantes homenagens. Primeiro, o diretor José Cláudio entregou uma placa para Telmo de Oliveira, um comerciário que quando atuava em defesa dos trabalhadores foi expulso do Sindicato na gestão Mata Roma. Hoje, Telmo é dirigente do Sindicato dos Comerciário de Nova Iguaçu e Região, que também esteve presente com sua diretoria.

A segunda homenagem foi para Ana Maria Beck, comerciária que enfrentou os patrões para garantir seus direitos. A diretora Rosângela Rocha entregou a ela a placa de sócia benemérita. 

Um momento de muita emoção foi quando o presidente Márcio Ayer e a diretora Darlana Santiago entregaram aos pais da comerciária assassinada Kathlen Romeu, Luciano dos Santos e Jackeline de Oliveira, as placas de sócios beneméritos, pela luta que vêm travando na justiça para ver os assassinos de sua filha condenados. Mais uma vez, o Sindicato mostrou que essa também é uma luta da entidade e que vai cobrar a punição dos responsáveis pela morte de Kathlen.

Durante o ato, o Sindicato passou os vídeos das entidades que prestaram homenagens aos 115 anos: Sindicato dos Comerciários de Nossa Senhora do Socorro/Sergipe, Sindicato dos Comerciários do Pará, Federação dos Comerciários da Bahia, Sindicato dos Comerciários de Salvador-BA, e do Sindicato dos Trabalhadores de Supermercados de Salvador e da CTB-BA. Também recebemos congratulações dos deputados federais Tarcísio Motta e Jandira Feghali.

Por fim, Márcio Ayer falou das mudanças a partir da eleição de Lula, com a expectativa de melhoras na economia e nas vendas com relançamento do PAC, e o debate sobre a legislação trabalhista para fortalecer as negociações coletivas. “Foram sete anos de trevas a partir do golpe contra a presidente Dilma, mas agora também temos momentos de felicidades e conquistas. Por isso, é muito bom ter todos vocês aqui, com todas essas homenagens e celebrações que fizemos. Com nossa união e força podemos conquistar muito mais!”.

O Sindicato recebeu as presenças de dirigentes da UBM, da Conam, diretores da CTB-RJ e do Benefício Social Familiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − treze =