Seu patrão está te pressionando para votar no candidato dele? Denuncie!

Com a aproximação do segundo turno das eleições, no próximo dia 30 de outubro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) está atento às denúncias de assédio de patrões seus funcionários para que votem nos candidatos da preferência deles. Vale lembrar que coagir ou prometer benefícios em troca do voto é crime!

MPT

O MPT abriu um canal de denúncias para este caso, através de email: pgt.operacional@mpt.mp.br. Se for denuncia anônima: https://mpt.mp.br/. No site acesse o ícone “Denuncie”. O Ministério Público do Trabalho inclusive chegou a divulgar um documento que orienta a atuação de procuradoras e procuradores frente às denúncias de episódios de assédio eleitoral no ambiente de trabalho, intensificadas na última semana.

O Sindicato está vigilante com relação ao assédio que os trabalhadores podem sofrer de seus patrões para votar. Essa é uma importante iniciativa do Ministério Público do Trabalho. As eleições são livres e o voto é pessoal, por isso, não podemos permitir que haja nenhum tipo de perseguição por conta das preferências políticas dos trabalhadores”, avalia Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

“Se isso acontecer, é importante denunciar, não podemos nos calar. Ajude também espalhando essa notícia, para que ninguém seja prejudicado ou coagido”, finaliza Márcio Ayer.

Leia também: Posso votar se tiver no meu horário de trabalho?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três + 3 =