Assembleias lotadas aprovam acordo no Guanabara

postado em: Direitos, Notícias, Notícias de Destaque | 0

Após uma maratona de assembleias lotadas, as comerciárias e os comerciários do supermercado Guanabara aprovaram o acordo que reajusta a cesta básica e os valores pagos pelo trabalho aos domingos e feriados.

Guanabara

Foram três dias de assembleias (10, 11 e 12 de maio), com três sessões em cada dia (9h, 14h e 16h), reunindo milhares de trabalhadores de diversas lojas da empresa em assembleias no Méier e em Campo Grande. Tudo para contar com o máximo número de funcionários do mercado.

A assembleia totalmente presencial foi a primeira depois de mais de dois anos sem esse formato por conta da pandemia. O reencontro foi comemorado pelo Sindicato, pois foi possível ter uma grande participação, contribuindo para tirar dúvidas dos trabalhadores.

“Foi muito bom reencontrar a todos nessas assembleias lotadas. Desta forma, a gente pode dialogar diretamente com os comerciários. A presença foi muito positiva, tanto para apresentar o acordo, como também para tirar diversas dúvidas”, comemorou Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Aprovação da proposta

As assembleias foram todas simultâneas, no Méier e em Campo Grande, onde a direção do Sindicato apresentou a proposta negociada com a empresa. Antes de se chegar nesta proposta final, foram diversas reuniões com os patrões para conseguir um valor melhor para os comerciários do Guanabara.

Em cada sessão foi realizada a votação da proposta, que ao final dos três dias foi amplamente aprovada pelos comerciários. Com isso, o acordo de dois anos (2022-2024) fica da seguinte forma:

“Tivemos que negociar muito com o Guanabara, que inicialmente apresentou valores muito baixos. Mas, agora, estão dentro da realidade do momento, com aumento significativo, principalmente na cesta básica. Os trabalhadores entenderam e o resultado foi positivo”, avalia Márcio Ayer.

Pelo acordo, também ficou aprovado que as homologações, para quem tiver mais de 12 meses na empresa, deverão ser feitas no Sindicato.

Mil novos sócios abraçam a luta do Sindicato 

Durante os três dias foi possível tirar muitas dúvidas sobre outros temas, como jornada de trabalho, folgas e outros direitos. Para isso, a assembleia também contou com a presença do corpo jurídico do Sindicato, que dialogou diretamente com os comerciários.

Em reconhecimento à atuação do Sindicato, nesses três dias, mil comerciários se tornaram novos sócios e agora já podem aproveitar todos os benefícios oferecidos pela entidade. 

“Muito feliz em ver esse reconhecimento ao nosso trabalho. Todos esses novos sócios reforçam ainda mais nossa atuação e fortalecem o Sindicato, principalmente agora que estamos em campanha salarial. Porque aqui a luta não para, vamos em busca do reajuste dos salários e mais direitos para os comerciários. Nossa energia está renovada e vamos com tudo pra cima dos patrões”, finaliza Márcio Ayer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 + dezesseis =