Sindicato participa de primeira reunião da Campanha Salarial 2022

O Sindicato participou nesta semana da primeira reunião com os patronais para discutir a proposta da Campanha Salarial de 2022. Nessa primeira negociação com os patrões de supermercados e hortifrutis, porém, fomos surpreendidos com uma contraproposta, no mínimo, indecorosa.

 

 

O Sindicato negocia o reajuste de 14,47%, com o índice corrigido pelo INPC (12,47%) mais 2% de aumento real no salário. Mas, o que não esperávamos, foi a contraproposta do sindicato patronal (Sindigêneros) de simplesmente a metade do INPC, ou seja, de 6,2% de aumento salarial.

O presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, criticou a postura adotada pelos patrões. “Rejeitamos de imediato essa primeira proposta. Tá tudo caro nos mercados, e ainda que a crise esteja instalada no país, se tem um setor que não deixou de lucrar neste período foi o de alimentos. Esperamos que os patrões repensem com consideração o esforço dos trabalhadores, e apresentem uma proposta melhor na próxima reunião para que possamos avançar nesta campanha salarial”, afirmou o presidente.

Considerando a contraproposta apresentada pelos patrões, o Sindicato vai seguir na luta por um melhor acordo coletivo, e por isso já marcou novas reuniões com os patronais nas próximas semanas. “Precisamos de uma mobilização dos trabalhadores, porque em conjunto podemos pressionar os patrões e conquistar um melhor reajuste salarial para recompor o poder de compra e minimizar os impactos provocados pela crise”, concluiu Ayer.

O Sindicato negocia com 26 sindicatos patronais ao todo na campanha salarial, que começou agora em maio. Para acompanhar de perto o andamento das negociações, fique por dentro de nossas mídias sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove + dezesseis =