Cresce número de comerciários com contratos encerrados por morte

Uma pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostrou um crescimento de 87% nos contratos com carteira assinada que foram encerrados por motivo de morte. Os dados são comparativos ao mesmo período do ano passado e apontam uma elevação ocorrida principalmente nas ocupações que exigem atividades presenciais na pandemia, entre elas o comércio.

O presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, afirmou ser motivo de preocupação os dados divulgados pela pesquisa. “É triste ver esse cenário de mortes na categoria, e o que revolta mais é saber que as mortes poderiam ter sido evitadas com as vacinas que o governo federal deixou de comprar”, avalia.

No período observado, de janeiro a junho de 2020, foram ao todo 31.001 desligamentos do trabalho por morte, enquanto o mesmo período em 2021 contabilizou 57.862 mortes. Na lista das ocupações que tiveram o maior crescimento estão os vendedores do comércio varejista (117%), operadores de caixa (107%) e açougueiros (68%). Muitos desses que não pararam um dia sequer durante a pandemia.

Também estão no topo desta lista os vendedores do comércio atacadista (204%), assistentes administrativos e auxiliares de escritório (122%). Outras ocupações com o maior número de mortes foram de motoristas de caminhão, frentistas, e outros (veja tabela).

Dieese

O levantamento é baseado no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. De acordo com o Dieese, os estados do Paraná e Mato Grosso do Sul apresentaram as maiores altas, com 175% e 172%, respectivamente. O Rio de Janeiro também teve alta, porém uma das menores do país, com 29%.

O setor de serviços, que emprega o maior número de trabalhadores no país, teve o maior aumento entre os quatro primeiros meses de 2021, com 93,5% ao todo. Na indústria e no comércio os números também cresceram, mas foram menores se comparados (89%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 12 =