Transparência nas contas: Comerciários aprovam prestação de contas de 2020

postado em: Notícias, SECRJ | 0

O Sindicato dos Comerciários realizou, dia 29 de junho, a assembleia com os sócios para apresentar o relatório financeiro do ano de 2020, que foi aprovado por unanimidade pelos comerciários. 

 A assembleia ocorreu de forma virtual, conforme edital publicado, por conta da pandemia e o estado de calamidade pública decretado em 06/2020. Desde que a gestão anterior tomou posse, em 2015, o Sindicato tem realizado as prestações de contas de forma anual, como determina o Estatuto da entidade, com total transparência aos seus sócios.

Desafios da atividade sindical em tempos de pandemia 

 A crise sanitária afetou diversos setores, inclusive os sindicais. “Mesmo diante da pandemia, conseguimos  resultados satisfatórios em relação às nossas reivindicações. Tudo foi possível, graças ao esforço de toda diretoria que manteve de pé o Sindicato; atendendo os trabalhadores, dando apoio às suas lutas durante todo esse período que ainda enfrentamos”, explicou Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários. 

 Já o diretor financeiro José Claúdio, enalteceu a postura do sindicato em um período em que muitos fecham suas portas. “Não é nada fácil driblar uma crise dessas proporções ainda mais com um governo completamente alheio aos interesses dos trabalhadores. Mas estamos aqui, lutando junto com os comerciários”, explicou. 

O Conselho Fiscal aprovou as contas computadas referente ao ano de 2020. “Sabemos que desde a Reforma Trabalhista os sindicatos têm sofrido dificuldades financeiras, não só no Rio, mas em todos o país; a chegada da pandemia enfraqueceu ainda mais o cenário sindical. Mas estamos enfrentando essa realidade firmes e fortes, para suprir as necessidades dos comerciário”, contou o conselheiro fiscal do Sindicato, Jorge de Paula.

Como funciona a prestação de contas

A contabilidade do Sindicato mostra quais foram os recursos que entraram e o que foi gasto. A partir desse relatório, o Conselho Fiscal analisa a relação dos recursos com as atividades promovidas pela diretoria, como a Campanha Salarial, as ações de fiscalização e os serviços prestados aos sócios, tais como assistência médica/odontológica, assessoria jurídica e a Fazenda dos Comerciários. Depois o Conselho verifica se as contas estão corretas e idôneas. A partir dessa avaliação a Comissão elabora um relatório no qual faz recomendações e emite um parecer de aprovação ou reprovação das contas da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − três =