Êta notícia boa: saiu a sentença do Mercadinho 2001 para pagar todos os direitos

postado em: Direitos, Notícias | 0

O Sindicato tem uma excelente notícia para os ex-funcionários do Mercadinho 2001. Finalmente saiu a sentença da justiça (Processo 0100106-55.2020.5.01.0053) e o resultado foi excelente para os trabalhadores. Mais uma conquista do departamento jurídico da entidade, que não tem descansado um minuto para cobrar os direitos destes trabalhadores. 

A justiça reconheceu que os ex-donos do 2001 devem pagar os direitos dos trabalhadores demitidos, como salários de outubro e novembro de 2019, aviso prévio (ou seja, mais um salário), 13º salário de 2019 e férias vencidas e proporcionais. Além disso, foi definida uma multa de mais um salário e outra, que representa metade de todas essas verbas. A empresa também terá que pagar todo o FGTS não depositado, com multa de mais 40%.

“Finalmente uma excelente notícia para os trabalhadores demitidos do Mercadinho 2001. A sentença da justiça é uma importante vitória. Ela determina o pagamento de todos os direitos dos ex-funcionários, como a gente vem cobrando desde 2019. Uma conquista que demorou, mas que reconhece todo o nosso esforço e luta em defesa destes trabalhadores”, comemora Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

A empresa ainda pode recorrer da decisão, é preciso aguardar. “Nossos advogados estão fazendo todo o esforço para que seja dado o encaminhamento o mais rápido possível para pagar os trabalhadores”, informa o diretor jurídico do Sindicato, Paulo Henrique.

Entenda melhor o caso

No final de 2019, o supermercado 2001 fechou suas portas colocando na rua quase 300 trabalhadores e trabalhadoras, sem pagar os salários que estavam atrasados e os direitos trabalhistas. Ainda no final de 2019, o Sindicato conseguiu fazer a homologação dos trabalhadores, com ressalvas, para que cada um pudesse sacar o FGTS e dar entrada no seguro desemprego.

Na ocasião, o Sindicato acionou o Ministério Público do Trabalho (MPT) para obrigar os donos do 2001 a pagarem todos os direitos devidos aos trabalhadores.

Em setembro de 2020, o Sindicato conseguiu um mandado judicial para que os  pagamentos do Multi Market ao 2001 passassem a ser depositados na conta judicial ligada à ação coletiva movida pela nossa entidade. Esses valores serão usados para o pagamento dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − nove =