Reajuste aprovado! 7,60% para trabalhadores de supermercados e hortifrutis

postado em: Campanha Salarial, Notícias | 0

Pode comemorar! A proposta de reajuste salarial de 7,60% foi aprovada pelos trabalhadores de supermercados e hortifrutis, na assembleia realizada nesta terça, dia 1º/06. O índice garantiu a reposição integral da inflação. Os comerciários também conquistaram avanços no pagamento do ticket de férias. Veja os principais pontos.

 

“Foi uma negociação difícil, com os patrões inicialmente oferecendo menos da metade da inflação, o que foi imediatamente recusado pelo Sindicato. Nas reuniões seguintes conseguimos avanços na proposta, até chegarmos a esse índice aprovado em assembleia, com a reposição total da inflação para estes comerciários. Também conquistamos a manutenção dos demais benefícios e avanços em outros pontos, como o pagamento do ticket em dinheiro”, comemora Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

O reajuste de 7,60% será aplicado em duas vezes: 3,80% em maio, mais 3,80% em agosto (que será pago até o quinto dia útil do mês de setembro). Veja como ficam os salários:

Demais itens com o reajuste de 7,60% (CCT 2021)

-Ticket (feriado) – R$ 41,00

– Ticket (feriado do 1º de maio de 2022) – R$ 46,00

– Quebra de caixa – R$ 80,00

– Ajuda de custo – R$ 81,00

Conquistas no pagamento do lanche

Lanche no Feriado: A partir de setembro de 2021 as empresas terão que fazer a troca do vale compras pelo pagamento em dinheiro na conta do trabalhador.

Entretanto, a empresa que continuar com o pagamento do lanche de feriado em forma de ticket alimentação/refeição, deverá pagar o valor mínimo estabelecido (R$ 41,00) acrescido de 50%. 

Para os comerciários que ganham o teto de R$ 6.527,31, o reajuste aprovado foi de 6%.

Salário garantido para as comerciárias grávidas

Outra importante conquista da negociação com os patrões, foi a manutenção integral dos salários das trabalhadoras grávidas que tiverem o contrato suspenso por conta das medidas provisórias do governo federal.

Em caso da trabalhadora gestante ter o contrato suspenso, a empresa fará o complemento salarial até o equivalente a 100% do valor líquido e mensal por ela recebido. Além disso, será acrescido 8% a título de FGTS, levando-se em consideração a diferença a ser complementada pelo patrão ao valor a ser pago pelo Governo Federal. Em se tratando de trabalhadora comissionista, puro ou misto, o valor líquido e regular obedecerá a média salarial dos últimos 12 meses.

Por fim, também foi aprovado pela assembleia a contribuição negocial: a partir de junho de 2021, o pagamento será de R$ 24,00 por mês até o fim da vigência da Convenção Coletiva. Quem é sócio não paga a contribuição negocial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =