Sindicato é contra abertura de shoppings e centros comerciais por 24 horas no fim de ano

postado em: Comércio, Notícias | 0

É no mínimo estarrecedora a abertura de shoppings e centros comerciais por 24 horas no fim de ano, como anunciado pela Prefeitura do Rio, em conjunto com o Governo do Estado.

Os casos de pessoas contaminadas com coronavírus cresce, assim como o número de leitos ocupados nos hospitais públicos e privados.

Abrir o comércio por 24 horas é jogar os trabalhadores na boca do leão. Em nada vai contribuir para impedir a proliferação do vírus. Tal decisão segue na contramão das recomendações das autoridades de saúde,  que defendem uma maior restrição na circulação das pessoas.

Além disso, não há transporte público que funcione durante 24 horas. Não há segurança nas ruas. Os trabalhadores não tem sequer com se deslocar.

Essa decisão dos governos estadual e da capital se iguala ao negacionismo do governo federal,  que negligência a situação do país, que já registra mais de 175 mil mortos. Cada vítima da Covid ficará sob a responsabilidade desses que estão à frente desses governos. Infelizmente, muitas famílias vão chorar neste fim de ano por conta desta decisao.

Por isso, nosso Sindicato não concorda com essa abertura indiscriminada e fará de tudo para defender os direitos dos trabalhadores, com as garantias contidas em nossa convenção coletiva, que regulamenta a jornada de trabalho, o pagamento de hora extra e demais benefícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

nove − 1 =