Dia de fiscalização nos shoppings com olhar na saúde dos comerciários

postado em: Denúncias, Notícias | 0

O Sindicato voltou aos shoppings para fiscalizar a implementação de todas as medidas para preservar a saúde dos comerciários nesta reabertura do comércio. A diretoria da entidade esteve no Via Parque e no Barra Shopping passando nas lojas para verificar o cumprimento das medidas sanitárias.

fiscalizacao

O Rio de Janeiro já passa de 10 mil mortos, sendo 6.550 na capital carioca. O Estado hoje tem a maior taxa de letalidade no país e está entre uma das maiores do mundo, com uma curva que continua crescendo. O transporte público continua lotado, colocando em risco os trabalhadores que fazem todo dia o trajeto casa-trabalho-casa.

Mesmo com esse aumento do número de mortes e infectados, a Prefeitura do Rio decidiu antecipar a reabertura dos shoppings. Desde então o Sindicato tem percorrido essas lojas para fiscalizar a aplicação das medidas de segurança para os comerciários e as comerciárias.

Um dos principais pontos é o fornecimento de máscaras para todos os funcionários em quantidade adequada, já que é necessário trocá-las a cada duas hora de uso, como também a disponibilização de álcool em gel 70% para funcionários e clientes. 

Em alguns casos foi verificado que a loja não repassou máscaras aos trabalhadores, que tiveram que providenciar sua própria proteção, ou foram fornecidas uma quantidade insuficiente para as horas trabalhadas. O Sindicato então notificou essas empresas para que regularizem as medidas de proteção.

Direitos trabalhistas

O Sindicato também conversou com os comerciários sobre os contratos de trabalho. Por conta do fechamento do comércio, muitos trabalhadores tiveram contratos suspensos ou redução da jornada de trabalho. 

Agora, com a reabertura dos shoppings, é preciso que os comerciários estejam atentos, principalmente no que se refere à jornada de trabalho, para os que continuam com redução contratual. Em caso de irregularidade, procure o Sindicato.

Sua empresa vacilou? Denuncie em www.secrj.org.br/denuncias. Caso prefira, envie um email para denuncia@secrj.org.br ou mande mensagem para (21)96424-3770. A denúncia é anônima. 

Denúncias sobre a pandemia

O canal exclusivo da Covid-19 do Sindicato continuará funcionando enquanto durar a pandemia. Por ele, é possível fazer denúncias por WhatsApp (21) 96465-5930 ou pelo e-mail covid19@secrj.org.br, com o anonimato garantido. Através desses contatos os comerciários poderão informar sobre óbitos, trabalhadores doentes e com sintomas. O Sindicato também receberá denúncias de descumprimento das normas de segurança, como aglomeração, falta do uso de máscaras e materiais de higiene, a distância entre as pessoas e assédio.

Algumas medidas de segurança para os comerciários

-As lojas podem receber no máximo um terço de sua capacidade e precisam manter as portas abertas para ventilação do ambiente. 

-Funcionários e clientes devem obrigatoriamente utilizar máscaras, manter distanciamento entre si.

-O banheiro deve oferecer material para que o cliente lave as mãos. 

-Deve ser disponibilizado álcool 70% em gel. 

-Funcionários com sintomas da Covid-19 devem ser encaminhados imediatamente para o atendimento médico.

-Recomendamos a liberação de funcionários do grupo de risco (maiores de 60 anos, gestantes e mulheres puérperas e pessoas com doenças crônicas ou pregressas, dentre outros que sejam recomendados pelo Ministério da Saúde como grupo de risco), sem redução dos salários.

-A limpeza das lojas deve ser feita a cada três horas, e antes e depois do expediente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 5 =