Vitória do Sindicato! Trabalhadores do Mundial agora terão máscaras e protetores faciais

postado em: Direitos, Notícias | 0

O Sindicato dos Comerciários conquistou mais uma importante vitória para os trabalhadores do Mundial. Além das cinco máscaras concedidas atualmente, a partir de uma liminar conseguida pelo Sindicato, agora o supermercado passará a conceder mais duas máscaras de pano, além do protetor facial.

Mundial

Essa vitória é resultado da luta da diretoria do Sindicato, e também do importante diálogo com a empresa. O acordo foi celebrado no Ministério Público do Trabalho em conjunto com o Mundial e o Sindicato, que garantiu que o supermercado manterá uma quantidade necessária de equipamentos de proteção para a reposição. Sempre que necessária a troca, os trabalhadores poderão requerer, de forma justificada, um novo equipamento.

“Foi um importante acordo para os funcionários do Mundial. Através do diálogo, com a participação do Ministério Público do Trabalho, conseguimos aprovar medidas concretas para assegurar a saúde de quem presta um serviço essencial para a população neste momento de pandemia. Esses trabalhadores correm risco e precisam de todos os equipamentos possíveis para impedir que contraiam a Covid-19. Esse acordo é fruto deste debate com o Mundial que beneficia todos os funcionários da empresa”, comemora Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Trabalhadores do grupo de risco deverão ser afastados 

As máscaras devem seguir o padrão recomendado pelo Ministério da Saúde. Devem ser distribuídas sete máscaras para cada trabalhador ou trabalhadora, renovando a cada 60 dias. No caso dos funcionários de “frente de loja” (empacotador, fiscais e operadores de caixa) essa reposição deve ocorrer a cada 45 dias.

Outra conquista importante é que a empresa também irá identificar funcionários que fazem parte do grupo de risco e afastá-los do trabalho presencial.

Medidas de proteção para os comerciários

O Mundial também se compromete a fornecer equipamentos de proteção aos funcionários da limpeza, como óculos ou protetor facial, máscara, avental, luvas, botas e gorro. O supermercado ainda disse que vai fornecer, mesmo não sendo obrigatório, protetor facial para todos os seus funcionários.

Para o melhor uso dos equipamentos de proteção, o Mundial fará treinamento para o uso e a retirada dos EPIs, assim como o seu descarte.

O supermercado fará o controle de entrada e saída de clientes para evitar aglomeração e formação de filas, além de manter a distância de 2 metros entre as pessoas dentro do estabelecimento.

A empresa também deverá fornecer álcool em gel 70% e realizar a higienização dos supermercados a cada três horas e antes e depois do expediente, principalmente em locais de alto contato com o público.

Todas essas medidas deverão ocorrer enquanto durar a pandemia declarado pelo Ministério da Saúde. O Sindicato continuará fiscalizando e acompanhando a implementação de todas as medidas acordadas para garantir a saúde dos comerciários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =