Comerciários aprovam prestação de contas do Sindicato

postado em: Notícias, Sindicato | 0

Os comerciários aprovaram, por unanimidade, a prestação de contas do Sindicato para o ano de 2018. Na assembleia realizada no dia 27/06, o Conselho Fiscal apresentou o relatório aos trabalhadores, e após os debates aprovado por todos.

Para o presidente do Sindicato dos Comerciários do Rio, Márcio Ayer, a Gestão A Hora da Mudança conseguiu cumprir mais uma de suas promessas de campanha, que é a transparência total nas contas da entidade. “Garantimos o nosso principal compromisso com os comerciários que é a luta. Investimos firmemente para defender o direitos dos comerciários. Além disso, mudamos o estatuto, que deixou o Sindicato mais dinâmico e aberto à participação dos comerciários e agora entregamos mais essa prestação de contas, em pratos limpos. Sem droga em avião, sem rabo preso com escutas e ajudando muito o trabalhador comerciário,” destaca Ayer. 

Nossa gestão estancou a sangria dos cofres da entidade, feito por Mata Roma e sua quadrilha, que foram presos pelo criminoso rombo no nosso Sindicato.

O relatório foi apresentado pelo presidente do Conselho Fiscal, Paulo Henrique da Silva, em conjunto com os outros membros Darlana Santiago, Marcelo Mainieri, Adriana Teixeira, Jorge de Paula e Márcio Souza. Para Paulo Henrique, a categoria começa a perceber a importância de uma entidade que presta conta não apenas de como utilizou os recursos, mas também de como lutou para defender o direitos dos trabalhadores. “As contas foram administradas e contou com muito profissionalismo de todos os envolvidos. O Sindicato continua com o desafio de aumentar a arrecadação da entidade e para isso é fundamental a contribuição de todos. Por isso é fundamental que todos fiquem sócios do Sindicato para contribuir na luta para os comerciários”, destaca o Conselheiro. 

Como funciona a prestação de contas – A contabilidade do Sindicato mostra quais foram os recursos que entraram e o que foi gasto. A partir desse relatório, o Conselho Fiscal analisa a relação dos recursos com as atividades promovidas pela diretoria, como a Campanha Salarial, as ações de fiscalização e os serviços prestados aos sócios, tais como assistência médica/ odontológica, assessoria jurídica e a Fazenda dos Comerciários. Depois o Conselho verifica se as contas estão corretas e idôneas. A partir dessa avaliação a Comissão elabora um relatório no qual faz recomendações e emite um parecer de aprovação ou reprovação das contas da entidade. No caso das contas do Sindicato do ano de 2018, o conselho destacou a redução drástica da arrecadação, que deve ser revertida com amplas campanhas de sindicalização, e deu o parecer favorável à aprovação das contas do Sindicato. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vinte + 18 =