1º de maio unificado na Praça Mauá repudia reforma da previdência

postado em: Notícias | 0

O 1º de maio, Dia Internacional do Trabalhador, realizado nesta quarta-feira, na Praça Mauá, foi marcado pelo repúdio à proposta de reforma da previdência do governo federal. Por todo o país, diversas manifestações reuniram milhares de trabalhadores na luta em defesa das aposentadorias. O ato no Rio de Janeiro, que começou às 9h, reuniu as centrais sindicais e diversos sindicatos.

O Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro marcou presença com sua banquinha. Foram recolhidas centenas de assinaturas para o abaixo-assinado, que será entregue na Câmara dos Deputados, contra o projeto de reforma da previdência.   

Para o presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, o ato unificado mostra a disposição das entidades sindicais em construir uma grande unidade para derrotar a reforma da previdência, em defesa do empregos e dos direitos sociais. “Viva a unidade dos trabalhadores neste 1º maio, em um momento muito difícil para o país, com alto desemprego e tentativa de retirada de direitos. Só com unidade vamos alterar os rumos do país”.

O ato também foi marcado pelas homenagens à sambista Beth Carvalho, que faleceu no dia anterior. Beth foi uma artista que sempre apoiou as lutas dos movimentos sociais e dos trabalhadores. A atividade teve ainda a apresentação de blocos carnavalescos e a presença de diversos parlamentares.  

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 − nove =