Sindicato discute acordo favorável a trabalhador da Multi Óptica

postado em: Notícias | 0

Os 540 funcionários da distribuidora de lentes oftalmológicas Multi Óptica poderão ter, muito em breve, vários motivos para comemorar. O Sindicato dos Comerciários do Rio negocia um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) com a empresa para garantir benefícios adicionais aos trabalhadores, como Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e reajuste do piso salarial acima da inflação. Também poderá haver aumento no valor do auxílio-creche e manutenção do vale-refeição diário de R$ 30. A proposta será submetida aos funcionários, tanto na unidade da Penha quanto no escritório em Botafogo, em Assembleia no próximo dia 6/8.

Pela proposta, o piso salarial seria reajustado em 4,5%, subindo de R$ 1.073 para R$ 1.230, quase equiparando-se ao piso regional aprovado pela Assembleia Legislativa (R$ 1.237). Os salários seriam reajustados pelo índice INPC/IBGE, que registrou 1,69% de inflação nos 12 meses anteriores a maio, data base da categoria. A PLR seria de 1,15% do valor do salário e o auxílio creche reajustado de R$ 220 para R$ 235 (6,8% de reajuste). Além disso a empresa se compromete a manter o plano de saúde e odontológico, bem como todas as demais cláusulas sociais e econômicas.

“Além da Multi Óptica, o Sindicato correu atrás e descolou acordos em separado com  marcas como Red Bull, Kalunga e outras. Enquanto os sindicatos patronais fazem jogo duro e insistem em não valorizar os comerciários nas Convenções Coletivas, o Sindicato corre por fora em busca dessa valorização em acordos firmados diretamente com as empresas”, explicou a presidenta interina do Sindicato, Alexsandra Nogueira, logo após a reunião com representantes da distribuidora, na manhã desta quarta-feira (18/7).

Entenda a diferença – Convenção Coletiva de Trabalho, ou CCT, é o acordo firmado entre sindicatos de trabalhadores e de patrões para estabelecer as regras nas relações de trabalho de uma determinada categoria. Já o Acordo Coletivo de Trabalho, ou ACT, é firmado diretamente entre o sindicato dos trabalhadores e uma empresa específica, para reger as condições de trabalho somente nessa mesma empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 1 =