Aniversário da “Hora da Mudança”

postado em: Notícias | 0
No dia 17 de junho de 2015 a chapa “A Hora da Mudança” toma posse da diretoria do Sindicato dos Comerciários

Há exatos três anos o Sindicato deixou de estar a serviço de interesses privados de poucos, para voltar a ser a Casa de todos os comerciários. Tudo começou quando, em outubro de 2014, a Justiça do Trabalho determinou uma intervenção que afastou os antigos dirigentes e bloqueou seus bens. Em paralelo, teve início uma auditoria que identificou desvios de pelo menos R$ 100 milhões apenas nos cinco anos anteriores. Depois foram organizadas eleições democráticas, livres de fraudes, para garantir que a  entidade fosse realmente devolvida aos trabalhadores do comércio.

Deu certo! Em 17 de junho de 2015 tomou posse a chapa “A Hora da Mudança”, formada apenas por comerciários de verdade, que assumiram com o compromisso de reaproximar o Sindicato dos trabalhadores e resgatar a dignidade da categoria. “Após quase 50 anos nas mãos de pelegos e corruptos, o Sindicato volta ao controle dos trabalhadores”, comemorou na época o presidente licenciado Márcio Ayer, hoje temporariamente afastado para levar a luta dos comerciários ainda mais longe.

Desde a posse da nova diretoria foram realizadas duas campanhas salariais com ganho real para categoria; a apuração de denúncias aumentou em mais de 300%; e foram recuperados vários serviços importantes, como o atendimento médico e a colônia de férias. Nosso Departamento Jurídico também voltou a falar grosso com as empresas, ajuizando centenas de ações contra os abusos dos patrões, além de melhorar o atendimento aos comerciários. “Aprendemos que só a luta organizada dos trabalhadores é capaz de arrancar vitórias frente ao poder do dinheiro das empresas. Por isso, a gente não se cansa de repetir que o patrão só abre a mão na base da pressão! Venha fazer parte da Hora da Mudança! Chega junto com o Sindicato nessa luta por mais valorização e respeito”, convida, em nome de toda a diretoria, a presidenta interina Alexsandra Nogueira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 4 =