Sindicato entrega pauta de reivindicações ao Sindilojas

postado em: Notícias | 0

O presidente Márcio Ayer foi na última sexta-feira (4/5) ao Sindilojas – que representa donos de lojas em shoppings e comércio de rua – entregar as reivindicações dos comerciários para a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2018-2019. A entrega marca o início formal das negociações, nas quais o Sindicato dos Comerciários cobra 8% de reajuste nos salários, no piso e na garantia dos vendedores comissionistas.

Com o lema “Sou comerciário, valorize meu trabalho”, a Campanha Salarial do Sindicato dos Comerciários do Rio cobra ainda: fim do trabalho aos domingos, quebra de caixa no valor de 10% do salário, vale-alimentação diário de R$ 25 e plano de saúde nas empresas com mais de 200 empregados, dentre outras reivindicações.

“Suamos a camisa todo dia para manter o comércio forte, com nosso talento e trabalho duro. Os patrões vão ter que valorizar o nosso esforço. Por isso, mais uma vez estamos nas ruas, nas lojas e também nas redes sociais para reforçar que nosso trabalho tem que ser valorizado. Até a assinatura da CCT, vamos fazer várias atividades para envolver mais trabalhadores em nossa Campanha Salarial. Quanto mais gente participar, mais força o Sindicato vai ter para conquistar nosso reajuste e ganhar mais respeito pra gente trabalhar”, comentou o presidente Márcio Ayer, que entregou a pauta acompanhado do secretário geral do Sindicato, Marcelo Black.

Participe da Campanha Salarial!

Nas ruas – O Sindicato está fazendo mobilizações e reuniões em lojas, shoppings e supermercados. Troque ideias com nossos diretores e faça a sua parte. Não deixe de participar também das Assembleias que são realizadas no Sindicato.

Nas redes – Fique ligado nas negociações e em tudo que rola na Campanha. Para saber mais ou tirar dúvidas, mande um Zap (21) 96697-5260 ou fale com a gente também pelo Facebook/ComerciariosRJ

Nas lojas – Não se esqueça de compartilhar as informações e o entusiasmo com os colegas da firma. Quanto mais gente na Campanha, maior é a pressão e a chance de termos conquistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 2 =