Demitidos da Toulon cobram pagamento de rescisão

postado em: Notícias | 0
Reprodução da internet.

A diretoria do Sindicato dos Comerciários do Rio, recebeu na manhã desta segunda-feira (12/6) uma comissão de funcionários e ex-funcionários da grife de moda masculina Toulon. Eles cobram o pagamento das verbas rescisórias dos quase 50 trabalhadores da empresa que foram demitidos no final de maio, além de salários em atraso e outros valores em aberto. “Todos que procurarem o Sindicato vão receber orientação gratuita e especializada do nosso Departamento Jurídico”, garantiu Márcio.

“O salário de março veio atrasado e o de abril em três vezes. Disseram que maio seria normal, mas fui demitido e fiquei sem receber nada. Estou com contas atrasadas e juros no cartão. Fui muito lesado”, reclama o ex-funcionário L.M., demitido com 13 anos de casa. “Tivemos uma conversa muito ruim sobre as rescisões com a Toulon. Disseram não ter como pagar, o que a gente não aceita. Vamos orientar os processos dos trabalhadores contra a empresa, até que recebam tudo o que têm direito. Podemos também usar outras formas de pressão para forçar a empresa a pagar. Se o patrão respeita a própria marca, não pode vacilar com os direitos trabalhistas. Porque o Sindicato pode fazer um estrago  contando essa história para os seus clientes”, pontuou o diretor jurídico do Sindicato, Edson Machado. A diretora Tânia Herthal também participou da reunião e auxiliou os comerciários com vários esclarecimentos.

Outros direitos – Nas ações que serão ajuizadas pelo Sindicato, além das rescisões, os ex-funcionários poderão incluir outras reclamações contra a empresa, tais como: depósitos atrasados no FGTS, férias vencidas, horas extras não pagas, descontos indevidos com planos médicos/ odontológicos, problemas com comissões sobre vendas, etc. Os casos serão analisados individualmente. Os trabalhadores da Toulon que foram ao Sindicato já saíram com a lista de documentos que vão precisar juntar para abrir seus processos. Quem ainda não foi, deve procurar o Departamento Jurídico, no 7º andar da sede do Sindicato (R. André Cavalcanti, 33 – Lapa). Mais informações pelos telefones (21) 3266-4168 ou 3266-4155.  

Clique aqui para ler mais sobre a situação dos comerciários da Toulon

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 16 =