Acelera patrão atacadista!

postado em: Notícias | 0

rubinhoO Sindicato dos Atacadistas de Gêneros Alimentícios do Estado do Rio de Janeiro – empresas como Makro, Casa Nunes Martins e outras – representa o único ramo do comércio carioca que ainda não assinou a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2016/ 2017. Durante a negociação, o retardatário presidente dos Atacadistas, Antônio José Ouvinhas, sequer participou das reuniões e se fez representar pela Fecomércio. Só que depois do acordo já fechado, faltando apenas a sua assinatura, o representante dos patrões começou a exigir a inclusão de várias cláusulas cabulosas. A cada negativa do Sindicato dos Comerciários ele enfia no texto uma outra alteração que não estava combinada, inviabilizando a assinatura do documento.

Esse vai e vem já tem mais de um mês, deixando como maiores prejudicados os funcionários e funcionárias dos atacadões, que desde a data-base, em maio, aguardam para receber o reajuste de 10% e melhorias nos benefícios. Esse tipo de birra só demonstra o descaso dos patrões para com seus trabalhadores.

Na última semana, o Sindicato voltou a levar a questão à Justiça do Trabalho, pedindo à presidente do Tribunal Regional do Trabalho o prosseguimento do dissídio coletivo, com agendamento de audiência o mais rápido possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − dois =