Após pressão, Andarella aceita pagar salários atrasados

postado em: Notícias | 0
DSC_3273
O presidente Márcio Ayer, o diretor Antônio Jr e os advogados do Sindicato em mediação com a Andarella na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego | Foto: Diego Cotta/Comerciários

A novela com a Andarella ainda não acabou, mas já há avanços! Depois de o Sindicato denunciar inúmeras irregularidades e travar uma luta no Ministério do Trabalho e Emprego com a empresa,  ela firmou um termo compromisso na tarde desta segunda-feira (25) na Superintendência Regional do ministério. Após ter consultado comerciárias da Andarella, que de forma espontânea e combativa chamaram atenção para as barbaridades denunciadas, ficou acertado que todas as trabalhadoras das lojas terão seus salários pagos integralmente até o dia 15 de maio. No mês de junho, receberão até o dia 10; e, em julho, os pagamentos serão efetuados até o quinto dia útil do mês. Além disso, os pagamentos não poderão ser feitos em cheque.

“Estamos aqui para representar as trabalhadoras, por isso a gente se engajou na luta delas que é nitidamente legítima, por busca de seus direitos. Fizemos questão de visitá-las nas lojas e perguntar a elas se aceitavam a proposta da empresa. Agora é monitorar se os pagamentos serão realizados em dia na conta das funcionárias. E sem essa de pagamento em cheque”, explica o presidente Márcio Ayer, que estava presente na negociação juntamente com o diretor Antônio Jr e advogados.

O acordo também trata sobre os pagamentos de quem trabalha no escritório da Andarella. O compromisso da empresa é: quem ganha até R$ 6 mil, que está recebendo depois do mês de vencimento, vai passar a receber até o dia 25, a partir do mês de julho. “Iremos ficar de olho se os pagamentos serão realizados. Também já está marcada uma nova reunião para o dia 13 de julho para tratarmos do efetivo pagamento e reiniciar as negociações para a regularização do pagamento aos trabalhadores do escritório”, finalizou o diretor Antônio Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =