Coletivo Margaridas na plenária da União Brasileira de Mulheres

postado em: Notícias | 0
Imagem: Wellington Santos/ Comerciários
Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

As ativistas do Coletivo Margaridas do Sindicato dos Comerciários do Rio, que organiza as mulheres comerciárias para a luta contra o machismo, participaram no último domingo (28) da plenária estadual da União Brasileira de Mulheres do Rio de Janeiro (UBM-RJ). O evento teve como objetivo definir os rumos da luta emancipacionista e contou com a presença de mulheres de todo o Estado do Rio e representantes de vários outros coletivos de mulheres. 

O evento teve como palestrantes a diretora estadual da UBM Célia de Almeida, a secretária municipal de Políticas para Mulheres e fundadora da UBM, Ana Rocha, a coordenadora nacional da UBM Raimunda Leone e a representante do Coletivo de Jovens Feministas Bia Lopes. Fundado em janeiro passado, o Coletivo Margaridas participou pela primeira vez. Foi representado pelas diretoras do Sindicato Alexsandra Nogueira, Rosangela Rocha, Daniele Moretti e Sônia da Silva.

Os debates se deram em torno do cenário político do país, da organização das jovens mulheres e da realidade da luta emancipacionista no Brasil e no Rio.  As ativistas também trocaram experiências e opiniões sobre o movimento de mulheres e redefiniram a direção da UBM até o próximo Congresso da entidade.

O 8 de março e a luta emancipacionista – O Coletivo Margaridas se organiza para participar do ato “Mulheres – Mais Direitos é Mais Democracia”, que será realizado na Central do Brasil, para marcar a passagem do Dia Internacional das Mulheres, em 8 de março. No dia seguinte, a vice-presidenta do Sindicato, Alexsandra Nogueira, receberá uma homenagem da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres do Rio de Janeiro, representando a luta das mulheres comerciárias.

A luta pela emancipação das mulheres é a combinação da luta contra o machismo e pelos direitos da mulher, com a luta pelos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras. O Brasil tem cinco milhões de mulheres a mais que homens. Isso não quer dizer que a nação seja liderada com a participação delas ou que a população feminina tenha os mesmos direitos e oportunidades que têm os homens. O Coletivo Margaridas tem a missão de se alinhar à luta emancipacionista – e daí a importância de nossa participação nas plenárias da UBM – para vencer o machismo e a desigualdade de gênero no comércio do Rio.

Na imagem, da esquerda para a direita, a assessora Pâmela Martins e as diretoras Daniele Moretti, Rosangela Rocha, Alexsandra Nogueira e Sônia da Silva. Foto: Wellington Santos/ Comerciários
Na imagem, da esquerda para a direita, a assessora Pâmela Martins e as diretoras Daniele Moretti, Rosangela Rocha, Alexsandra Nogueira e Sônia da Silva. Foto: Wellington Santos/ Comerciários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 2 =