Folic: Sindicato será ouvido terça (26) em audiência no MPT

postado em: Notícias | 0

Após a negativa dos donos da grife Folic para apresentar, como haviam se comprometido, um plano de pagamento das verbas rescisórias de 400 funcionários demitidos, o Sindicato dos Comerciários do Rio solicitou a mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT) para resolver a questão. Nesse sentido, representantes da entidade serão ouvidos em audiência do MPT nessa terça-feira (26), às 17h, na sede da Procuradoria Regional do Trabalho.

Inicialmente, o Sindicato ajuizou reclamações trabalhistas para os comerciários demitidos pela empresa. No entanto, na grande maioria dos processos, a empresa fez acordos, mas os descumpriu. Com a crescente insatisfação dos comerciários, o Sindicato passou a apoiar as manifestações dos trabalhadores atingidos, nas quais buscam despertar a atenção pública à situação das demissões sem pagamento por parte da grife. Incomodada com a pressão, a empresa procurou o Sindicato para manifestar o desejo de honrar as dívidas, o que seria feito por meio de um plano de pagamentos. Dias depois, no entanto, representantes informaram que a Folic não possuía recursos suficientes para fazer os pagamentos.

“Diante do impasse, o Departamento Jurídico do Sindicato estuda uma série de estratégias para viabilizar o pagamento dos direitos devidos aos funcionários. A empresa diz não ter dinheiro para pagar, mas continua fazendo propaganda em jornal e merchandising em novela, o que não é barato. A gente conta com a mediação do Ministério Público para destravar a negociação e permitir que os trabalhadores enfim recebam o que é seu por direito”, comenta o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Folic5

Imagem: Rafael Rodrigues/ Sindicato dos Comerciários do Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + cinco =