Lojas do Centro terão que explicar más condições de trabalho

postado em: Notícias | 0
O presidente do Sindicato, Márcio Ayer, conversa com comerciária em loja no Centro do Rio
O presidente do Sindicato, Márcio Ayer, conversa com comerciária em loja no Centro do Rio

Na última quinta-feira (17) o Sindicato realizou um mutirão de fiscalização em grandes lojas de eletroeletrônicos no Centro do Rio. O roteiro incluiu estabelecimentos das redes Casa Bahia, Ponto Frio, Tele-Rio, Ricardo Eletro e Casa & Video, nos quais foram verificados descumprimento da legislação trabalhista e péssimas condições no ambiente de trabalho.

Todas as empresas fiscalizadas foram notificadas para comparecer ao Sindicato, em datas previamente agendadas, para esclarecerem as irregularidades apuradas. “Eles serão compelidos a se adequar à legislação e à Convenção Coletiva de Trabalho, sob pena de ofício ao Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho, Vigilância Sanitária e adoção de medidas judiciais”, alertou o diretor jurídico Edson Machado.

“Na maioria das lojas, encontramos um enorme descaso com os comerciários. Os sanitários são apertadíssimos, imundos e muitas vezes fora da loja. Os refeitórios, quando existem, são em espaços improvisados e inadequados para refeição. Os estoques não têm ventilação, não há lugar para descanso e nem assentos nos locais de trabalho, além de outros desvios mais graves, como comerciários que fazem dupla função, descarregando mercadorias do caminhão”, relatou o presidente Márcio Ayer, que liderou uma das equipes que foi às ruas para a fiscalização. Outras duas equipes contaram com a participação da vice-presidente Alexsandra Carvalho, do diretor jurídico Edson Machado, do diretor de Finanças José Cláudio de Oliveira, do diretor de Cultura Antônio Santos Junior e assessores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − dois =