“Menos ódio! Mais moradia!”

postado em: Notícias | 0

mtst

O presidente do SECRJ, Márcio Ayer, visitou na noite desta quarta-feira (12), uma ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em Pendotiba, Niterói. Ele foi levar a solidariedade dos comerciários do Rio às 350 pessoas, oriundas de comunidades populares da cidade, que desde a sexta-feira (7) passada ocupam um enorme terreno abandonado às margens da Estrada Francisco Nunes, próximo ao Largo da Batalha.

Márcio ouviu das lideranças, que a Prefeitura de Niterói já abriu negociação com o movimento para a cessão de outro terreno, no qual poderão ser construídas moradias com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. No terreno atualmente ocupado, a Prefeitura pretende construir um terminal rodoviário.

“Ficamos felizes pelo fato das famílias sem teto de Niterói estarem se organizando para lutar por moradia. E ainda mais satisfeitos em saber que a prefeitura da cidade reconhece o MTST como um movimento legítimo desta luta”, afirma Márcio, cuja visita à ocupação dos sem teto mostra uma clara mudança de postura do SECRJ, antes isolado, no que se refere à solidariedade entre os trabalhadores de todos os segmentos.

Doações – Segundo o presidente, as famílias estão morando em barracas de lona e precisam, nesse momento, da solidariedade dos demais trabalhadores. “As pessoas precisam de itens de higiene pessoal, colchonetes e cobertores para suportar as noites frias nas barracas. O acampamento é organizado e está montando inclusive uma brinquedoteca para as crianças, mas também precisa da doação de livros e brinquedos para os pequenos”, completa.

Doações de alimentos não perecíveis, água mineral, agasalhos, colchonetes, itens de limpeza e higiene, brinquedos e livros poderão ser encaminhadas à ocupação por meio do SECRJ, que as receberá em sua Sede, na Rua André Cavalcanti, 33, no Bairro de Fátima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − dez =