Piso regional será votado hoje na ALERJ

postado em: Notícias, SECRJ | 0

A votação do Projeto de Lei 91/2015 que institui o novo Piso Salarial Regional foi adiada ontem pelo segundo dia consecutivo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) pelo segundo dia consecutivo.

Os novos valores das salários das profissões segue em debate porque, durante a reunião do colégio de líderes na manhã de ontem, antes da votação no plenário, os deputados fizeram um acordo para elevar o percentual de reajuste para 9%, em vez dos 7,5% propostos pelo governo do Estado. Desta forma, o menor salário do piso regional (faixa 1) ficará em R$ 906,68, e o maior (faixa 9) será de R$ 2.432,72. Os sindicatos de trabalhadores defendiam reajuste de 19%.

Já as empresas concordavam com a proposta original do Governo. As bancadas do PSol, PT e PRB se posicionaram por um reajuste de 10%. Na votação de terça-feira, o projeto recebeu 79 emendas dos parlamentares.

O texto vai voltar à votação hoje, a partir das 15h, com um substitutivo que trará os acordos feitos na reunião do Colégio de Líderes. O percentual de 7,5% é mais próximo dos 8,8% concedidos este ano ao salário mínimo nacional (R$ 788), do que a proposta anterior, de 7%. Com isso, os valores pagos às nove faixas estabelecidas pelo governo deverão variar de R$ 894,20 (faixa 1) a R$ 2.399,24 (faixa 9).

O atraso na decisão sobre o novo piso regional, caso não seja votado nos próximos dias, vai prejudicar os funcionários das empresas privadas que ainda vão receber o salário de abril (referente ao mês de março) sem a devida correção com o novo reajuste. Quando for implementado, o reajuste nos salários será retroativo a 1º de janeiro.

Fonte: Jornal Extra
Imagem: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − um =