Assembleia aprova acordo para o Nova América

postado em: Emprego, Notícias | 0

Foi aprovado em Assembleia com os comerciários nesta segunda-feira (2), acordo de convenção coletiva proposto pelo Sindicato para evitar demissões dos empregados das 117 lojas atingidas pelo incêndio no shopping Nova América. De acordo com a proposta – que está em negociação entre o SECRJ, o Ministério do Trabalho e os sindicatos patronais – os contratos dos trabalhadores continuarão em vigência a partir da assinatura da convenção por um período de cinco meses. Neste tempo, os comerciários receberão bolsas custeadas com recursos do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), desde que frequentem cursos de qualificação profissional supervisionados pelo SECRJ e pelo Sindicato dos Lojistas (SindLojas).

As regras para que o trabalhador tenha acesso ao curso e à bolsa de qualificação são as mesmas aplicadas aos requerimentos do Seguro Desemprego, com a diferença de que, neste caso, os vínculos de trabalho serão mantidos.

Durante a assembleia, realizada nas dependências do Nova América, também foi debatida e aprovada a proposta de pagamento integral dos salários e benefícios do mês de fevereiro, e ainda o pagamento de um salário mínimo até que seja depositada a primeira parcela das bolsas de qualificação.
Patrícia Dias (foto), consultora de vendas de uma das lojas atingidas pelo acidente, agradeceu a preocupação do SECRJ e aprovou as medidas tomadas: “Achei muito boa a mobilização. Sempre tive a ideia que o Sindicato só serve para tirar dinheiro da gente. Hoje, vi que vocês estão nos amparando e interessados em ajudar”, elogiou a comerciária.

UERJ – Na última sexta-feira (28.02), o interventor judicial do SECRJ, Dr. José Carlos Nunes dos Santos, se reuniu com a chefe de gabinete da reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), professora Regina Weissmanm. Em nome do reitor, professor Ricardo Vieralves, ela confirmou o interesse da Universidade em apoiar a realização dos cursos para os funcionários do Nova América, com a cessão de espaço físico e professores.

Na foto, a consultora de vendas Patrícia Dias: “O SECRJ está nos amparando e interessado em ajudar”
Imagem: Allan Lucas

20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × 2 =