Calor impulsionou comércio em 2,3%, diz CDLRio

postado em: Comércio, Notícias | 0

Levantamento do Clube dos Diretores Lojistas do Rio (CDLRio), divulgado nesta quinta-feira (26) indica que, depois de um dos piores resultados para o mês de dezembro dos últimos oito anos, ias vendas do comércio na Cidade do Rio de Janeiro cresceram 2,3% em janeiro em comparação com o mesmo mês do ano anterior. A venda de aparelhos que amenizam o calor ajudou os comerciantes a chegarem ao resultado.

A pesquisa Termômetro de Vendas divulgada mensalmente pela entidade, ouviu cerca de 750 estabelecimentos comerciais. O levantamento mostra também que as vendas cresceram 3,1% no acumulado do ano ( janeiro de 2015/fevereiro de 2014) em relação ao mesmo período do ano anterior.
“Normalmente janeiro não é um mês de grandes vendas. É o início das férias, quando muita gente viaja, imprensado entre o Natal e o Carnaval. Mas o resultado poderia ter sido muito pior se não fossem as vendas de aparelhos de ar condicionado, ventiladores e climatizadores e os produtos da moda verão e para o carnaval. Além disso houve um grande esforço dos lojistas para melhorar as vendas, como o alongamento dos prazos de financiamento, lançamento de produtos, liquidações, promoções e descontos”, diz Aldo Gonçalves, presidente do CDL-Rio, segundo comunicado divulgado pela entidade.

As vendas de janeiro foram influenciadas pelos produtos do Ramo Duro (bens duráveis) e os melhores desempenhos foram Eletrodomésticos (+2,7%), Óticas (+0,7%), Móveis (+0,4%) e Jóias (+0,2%). No Ramo Mole (bens não duráveis) Confecções (+1,2%), Calçados (+0,7%) e Tecidos (+0,6%) foram os destaques. A venda a prazo com mais 2,8% foi a forma de pagamento preferida pelos consumidores.

A pesquisa mostrou também que em janeiro, em relação às vendas conforme a localização dos estabelecimentos comerciais, no Ramo Duro as lojas da Zona Norte faturaram mais 3,1%, as da Zona Sul mais 2,1% e as do Centro mais 0,6%. No no Ramo Mole, as lojas da Zona Norte também venderam mais 1,6%, as da Zona Sul mais 1% e as do Centro menos 0,2%.

15

Dívidas Quitadas

A pesquisa mostra também que o número de consumidores que quitaram suas dívidas em atraso com o comércio lojista da Cidade do Rio de Janeiro aumentou 1,6% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com os registros do Serviço Central de Proteção ao Crédito do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro – CDLRio. Ainda no comparativo do mês, as consultas (item que indica o movimento do comércio), cresceu 1,1% e a inadimplência aumentou 0,7%. No acumulado dos últimos doze meses (fevereiro/2014 a janeiro/2015) as dívidas quitadas, as consultas e a inadimplência subiram, respectivamente, 4,3%, 1% e 0,9%. Comparando-se janeiro com o mês anterior (dezembro) as consultas, a inadimplência e as dívidas quitadas diminuíram, respectivamente, 13,2%, 31,2% e 32,6%.

Movimento de Cheque

Segundo o registro do cadastro do LIG Cheque do CDLRio em janeiro, em relação ao mesmo mês de 2014, a inadimplência e as dívidas quitadas aumentaram, respectivamente, 0,8% e 1,5%, e as consultas diminuíram 1,3%. No acumulado dos últimos doze meses (fevereiro/2014 a janeiro/2015) a inadimplência e as dívidas quitadas cresceram, respectivamente, 1,1% e 2,6%, e as consultas caíram 2,6%. Na comparação de janeiro com o mês anterior (dezembro), a inadimplência cresceu 1,4% e as dívidas quitadas e as consultas diminuíram 5,3% e 16,1%.

Fonte: G1
Imagem: sxchu.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 17 =