Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Como a PEC 241 vai mudar a sua vida

pec-24124

Manifestação contra a PEC 241 na Av. Rio Branco, Centro do Rio, tendo a frente o presidente do Sindicato, Márcio Ayer, a vice Alexsandra Nogueira e vários outros dirigentes da entidade. Foto: Rafael Rodrigues/ Comerciários

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, já apelidada de PEC do Fim do Mundo, vem sendo apresentada pelo governo golpista de Michel Temer como um congelamento dos gastos públicos até 2036. Só que é algo bem mais complicado do que isso! Manter parados os gastos com os serviços públicos enquanto a população e a economia continuam crescendo, na verdade, significa gastar menos com o povo.  

Entenda. Atualmente, o Governo gasta com Saúde apenas R$410 por pessoa ao ano. Se a população não para de crescer e faltam hospitais, médicos e remédios, esse gasto deveria crescer junto, certo? Para Temer e seus amigos ricaços, parece que não. Com a tal PEC 241, o governo vai tirar grana da Saúde, gastando menos R$13,48 por pessoa em 2017, R$151,83 em 2020 e R$288,55 em 2025. A situação também vai ficar sinistra para a Educação. “Só vai poder fazer universidade quem tiver dinheiro para pagar”, já avisou o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), um grande apoiador da PEC.

Temer e seu bonde vão tentar te enganar com um pequeno aumento do orçamento para Saúde e Educação no ano que vem, mas vai ser só pra inglês ver. Na sequência, os valores serão congelados por 20 anos. A desculpa do governo chingling é que precisa cortar “despesas” (escolas, segurança e hospitais) para pagar dívidas (com os bancos e ricaços, brasileiros e gringos). Mas então, por que ele não pensa em cobrar impostos das grandes fortunas, como acontece na maioria dos países? E a grana que Temer e seus ministros são acusados de terem embolsado na Petrobras, em Furnas e outras estatais? Não vai voltar pra gente?

Se a PEC 241 for aprovada, nós trabalhadores no comércio, que dependemos da escola pública e da UPA, vamos ser forçados a entrar nessa vaquinha pros ricos ganharem ainda mais dinheiro. Vai sobrar também pros nossos filhos, pois sem Saúde e Educação de qualidade é quase impossível ser feliz. Como se não bastasse, a PEC ainda vai acabar com a valorização do salário mínimo, uma das principais causas da melhoria de vida no país nos últimos anos.

Vem pra rua – Ainda é possível barrar esse esculacho. A proposta tem que passar por uma votação na câmara e duas no Senado, numa negociata que vai seguir até meados de dezembro. Tá apertado, mas com união e muita luta ainda dá tempo do povo impedir esse assalto. É hora de voltarmos às ruas, e o próximo passo vai ser hoje, na manifestação organizada pelos trabalhadores contra a PEC da Maldade. Não fique fora, converse com seus amigos e participe!

Grande manifestação nessa segunda-feira (24), às 17h, na Candelária!

#ForaTemer! #ComerciáriosNaLuta! Não à #PECdoFimdoMundo

Reprodução da internet

Reprodução da internet