Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Vitória dos trabalhadores do MultiMarket na Rua Riachuelo

Imagem: Google Street View

Imagem: Google Street View

Após fiscalização do Sindicato dos Comerciários do Rio, a Natática Comércio de Gêneros Alimentícios – que faz parte da rede de supermercados MultiMarket – colocou ordem na casa. A empresa atendeu exigências da diretoria do Sindicato para evitar o desvio de função e melhorar o ambiente de trabalho. Segundo o diretor do Sindicato Paulo Henrique da Silva foi uma grande conquista, fruto da denúncias dos trabalhadores: “Isso tudo só aconteceu porque os comerciários voltaram a acreditar no Sindicato, justamente pelo fato de estarmos indo para cima dos patrões e exigindo respeito aos nossos direitos” destacou.

A empresa contratou funcionários para cumprir a função de carregadores, além de disponibilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados. “É possível fazer o descarregamento de cargas de forma correta, respeitando a legislação e o bem estar do trabalhador”, salientou o diretor jurídico do Sindicato, Edson Machado.

Os trabalhadores do açougue também receberam equipamentos e um armário, além de japonas, que são fundamentais para a prevenção de doenças provocadas pela exposição ao frio e a agentes biológicos. Outra conquista importante é a construção do espaço para descanso, que contará com cadeiras, espreguiçadeiras e ar condicionado, em conformidade com a Lei (Norma regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego número 24 – NR 24), e que estará disponível para os trabalhadores no prazo máximo de 20 dias.

Ainda existem pendências, mas o presidente do Sindicato, Márcio Ayer, comemorou o resultado da fiscalização. “Foi importante a empresa ter tomado consciência de que o funcionário precisa ser valorizado no ambiente de trabalho. O Sindicato está na luta e vai continuar fiscalizando as empresas que insistem em desrespeitar a Lei”, finalizou Márcio.

A importâncias das denúncias – O diretor Paulo Henrique voltou a destacar a importância das denúncias: “É fundamental que os trabalhadores fortaleçam nossa luta, façam denúncias e nos ajudem a fiscalizar para fazer com que a Justiça prevaleça”. Para denunciar não é preciso se identificar. Basta relatar o problema e informar o nome, endereço completo e CNPJ da empresa. Pode ser pelo email denuncia@secrj.org.br, pelo telefone (21) 3266-4104, por mensagem no Facebook/ComerciáriosRJ, pelo zap (21) 96697-5260 ou pessoalmente na Sede do Sindicato (Rua André Cavalcanti, 33 – Lapa).

Campanha Salarial – A pressão dos comerciários sobre os patrões vai continuar. A última Assembleia (13/7) rejeitou a proposta de convenção coletiva do SindiLojas (lojas de shopping e rua) porque, na última hora, propuseram retirar dos comerciários em favor dos patrões o direito de gerir nosso benefício social familiar (auxílios funeral, invalidez, natalidade, etc). Apesar da rejeição da proposta, a Assembleia autorizou a diretoria do Sindicato a assinar a convenção caso o SindiLojas volte atrás. No caso da Fecomércio e do Sindicato do Comércio Varejista de Material Eletroeletrônico (Simerj), ainda não foram apresentadas propostas formais. O único segmento que já garantiu reajuste de 10% e outras conquistas foi o dos trabalhadores em supermercados.

Sala de descanso em construção. Prazo máximo para entrega é de 20 dias. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Sala de descanso em construção. Prazo máximo para entrega é de 20 dias. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Japona para evitar doenças provocadas pela exposição ao frio e agentes biológicos. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Japona para evitar doenças provocadas pela exposição ao frio e agentes biológicos. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários