Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Vitória: acordo garante mais de 70 mil folgas a trabalhadores do Guanabara

Márcio Ayer presidindo a assembleia do Guanabara que ocorreu na sede do Sindicato, na Lapa | Foto: Dara Bandeira/Comerciários

Por não cumprirem nossa Convenção Coletiva de Trabalho, acionamos a Justiça contra os Supermercados Guanabara para que os direitos de comerciárias e comerciários do Guanabara fossem respeitados. Foram cinco ações coletivas, resultando em um acordo judicial que garante: 79.899 folgas (válidas para 4.341 trabalhadores ativos em 11/11 de 2018); reajuste complementar de 0,8% (além dos 2,2% da Campanha Salarial); e um vale compras no valor de R$ 100 para ser utilizado no mercado, no prazo de até 120 dias.

Para as gestantes e mães, o acordo prevê reembolso-creche no valor de R$ 200 por mês, pelo período máximo de seis meses a contar do retorno da licença maternidade. Além disso, elas terão estabilidade durante 120 dias após o fim desta licença, ou seja, comerciárias nessas condições não poderão ser demitidas, ao menos que haja demissão por justa causa, pedido de demissão pelas mesmas ou acordo entre elas e o Guanabara.

“Este acordo é a maior prova que a união dos trabalhadores e a luta organizada junto com o Sindicato trazem resultados concretos. Até os demitidos em massa em janeiro de 2017 não foram esquecidos. Para eles, conquistamos a indenização de R$ 1.300 ou, caso prefiram, poderão escolher por receber R$ 650 e mais um curso de qualificação profissional do SENAC, com transporte incluso!”, vibra o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Não para por aí!

O acordo firmado com a empresa também garante à mãe lactante, inclusive se seu filho(a) for adotado(a), dois intervalos de 30 minutos cada para a amamentação do bebê, ou sua liberação do trabalho com uma hora de antecedência ao final do expediente. A comerciária que amamenta também pode optar por entrar uma hora após o início de sua jornada, bastando comunicar à gerência ou ao RH da empresa a opção escolhida.

Histórico do acordo

As ações coletivas que culminaram nessas conquistas são referentes às folgas por trabalho em domingos e feriados, espaço para amamentação, demissão em massa de 2017 e autorização para abertura nos feriados. Antes do Sindicato assinar o acordo com o Guanabara, foram realizadas três assembleias simultâneas em dois turnos diferentes (manhã e tarde) para que a consulta e a aprovação do acordo fossem feitas pelo maior número possível de comerciários.

“Foi muito bacana todo o movimento. Cerca de dois mil trabalhadores estiveram presentes nas três assembleias que aconteceram na Lapa, no Méier e em Campo Grande. Muitos comerciários tiveram contato com o Sindicato pela primeira vez e puderam participar da votação pela conquista de seus benefícios. Juntos somos muito mais fortes!”, finaliza o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Sindicalize-se!

Essas e outras conquistas só são possíveis por conta das contribuições de trabalhadores que mantêm os serviços que oferecemos em pleno vapor, como o Departamento Jurídico, por exemplo. Todas as contribuições são fundamentais para que o Sindicato seja capaz de manter nossas lutas e melhorar os serviços que presta. Lembramos que todo comerciário, seja ele sindicalizado ou não, pode contar com o apoio de nossos advogados para questões trabalhistas. Aqueles que são sindicalizados contam também com assessoria jurídica na área cível, além de outros benefícios como convênios com instituições de ensino, atendimento médico e odontológico, colônia de férias e outros. Sindicalize-se aqui.

Subsede de Campo Grande lotada para a assembleia do Guanabara | Foto: Wellington Santos/Comerciários

 

Comerciárias e comerciários dos arredores do Méier participaram da assembleia do Guanabara | Foto: Wellington Santos/Comerciários