Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Trabalhadores do Vianense aprovam acordo de folgas

O acordo garante 4 mil folgas e um vale compras no valor de R$ 197,60 para todos os trabalhadores do Vianense. Uma grande vitória para estes comerciários, uma vez que o supermercado não tinha cumprido com a convenção coletiva. Esse acordo só foi possível por conta da ação do departamento jurídico do Sindicato na justiça. Foi a partir disso que o supermercado apresentou essa proposta aprovada pelos trabalhadores.  

“Nosso Sindicato está atento! Se descumprir o acordo vamos cobrar e acionar a justiça. Por isso, a participação dos trabalhadores é sempre fundamental. Foi uma assembleia realizada em dois turnos, com centenas de trabalhadores, que puderam compreender melhor a proposta. A aprovação por unanimidade mostra que fizemos o melhor acordo para todos”, declara o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Na assembleia comparecerem centenas de trabalhadores do Vianense, que aprovaram, por unanimidade, o acordo oferecido pela empresa.

Inicialmente, o supermercado havia apresentado um vale compras no valor de R$ 100,00. Mas em negociação, o Sindicato cobrou um benefício maior para os trabalhadores, conquistando um vale compras de R$ 197,60. Também foi aprovada a proposta de 4 mil folgas, que serão distribuídas entre todos os trabalhadores, de acordo com as folgas que cada um não recebeu, em um prazo máximo de dois anos. A escala de folgas será apresentada pelo supermercado e estará no acordo a ser homologado na justiça.

Demitidos – Para quem trabalhou entre novembro de 2012 até 2016 também tem direito ao acordo e receberá em valores. Para isso é preciso que procure o departamento  jurídico do Sindicato e agende uma consulta para fazer parte do acordo e receber o benefício.

A assembleia foi realizada no supermercado em Brás de Pina, nesta terça-feira (28 de maio), em dois turnos, um pela manhã e outro no final da tarde.

A partir da aprovação em assembleia, o acordo será homologado na justiça, o que pode demorar certo tempo. Assim que isso ocorrer, o resultado será informado aos trabalhadores e publicado em nosso site.