Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Carrefour: trabalhador cobra adicional de feriado e outros direitos

Reprodução da internet

Uma comissão de 24 trabalhadores, representando os mais de 1.500 funcionários do Carrefour no município do Rio, visitou sede do Sindicato dos Comerciários nesta terça-feira (12/12). Vieram discutir com a diretoria da entidade as formas de pressionar o hipermercado a reestabelecer o pagamento do adicional nos feriados, além de garantias contra a ameaça da retirada de uma série de direitos. Ao final da conversa, foi convocada uma Assembleia para a próxima segunda-feira (18/12).

“Muitos colegas aceitaram dobrar a jornada nos últimos feriados porque achavam que iam receber os 100% sobre as horas a mais. Um dinheiro que faz a diferença pra gente. Foi um banho de água fria quando descobrimos, na véspera de sair o contracheque, que não haveria pagamento do adicional. Covardia! O Carrefour só vai olhar pra gente quando também sentir no bolso”, reclamou funcionária da filial Sulacap. Ela aposta na realização de uma greve como melhor forma de pressão.  

O Carrefour é um dos maiores grupos no varejo de alimentos do país, presente em mais de 150 cidades dos 26 estados e do Distrito Federal. De janeiro a setembro deste ano, o lucro líquido da empresa cresceu 56,8%, atingindo R$ 1 bilhão. De setembro do ano passado até agora, abriram 72 novas lojas. “O resultado é impressionante para os atuais tempos de crise. Não teve tempo ruim para eles, que não precisavam ser tão muquiranas com os trabalhadores”, comentou o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Além da questão dos feriados, os trabalhadores citaram várias outras demandas por melhores condições de trabalho. Ao final da conversa, perceberam que será necessária a mobilização de um grande número de trabalhadores para forçar a empresa a negociar. Neste sentido, ficou decidida a convocação de Assembleia para a próxima segunda-feira (18/12), com o objetivo de aprovar uma pauta de reivindicações e definir os caminhos da luta. Será em dois horários, às 8h30 e às 17h, para contemplar os trabalhadores de todos os turnos, na sede do Sindicato (R. André Cavalcanti, 33 – Lapa).

Exemplo de luta – “Os patrões tomaram um baita susto quando, logo no início de vigência da reforma trabalhista, revoltados com as mudanças no contracheque, os funcionários do Mundial fizeram um movimento que chamou a atenção de todo o país. A possibilidade de greve em pleno fim de ano forçou o supermercado a aceitar 90% das exigências. Devolveram o adicional dos domingos e regularizaram o registro das “operadoras de caixa”. O exemplo de luta já se alastra para outros supermercados. Promete pegar fogo agora no Carrefour e ano que vem na Campanha Salarial”, acrescentou o presidente Márcio Ayer.

Assembleia Geral dos Trabalhadores do Carrefour

Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017,

às 8h30 e às 17h,

no auditório da sede do Sindicato dos Comerciários do Rio

(Rua André Cavalcanti, 33 – Lapa)