Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Falar é a melhor solução!

O 10 de setembro é oficialmente o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio e durante todo esse mês a data é lembrada através da campanha Setembro Amarelo. A pressão do dia a dia do trabalho, com cobrança de metas e vendas, jornada excessiva, muitas vezes deixam os trabalhadores adoecidos, podendo inclusive desenvolver problemas psicológicos.

setembro

Neste momento de pandemia, com tantas incertezas, medidas de isolamento social, ataques aos direitos conquistados e preocupações com a família, muitos trabalhadores e trabalhadoras ficam ainda mais pressionados, podendo causar depressão e transtornos. 

Segundo a diretora de Saúde, Segurança e Ambiente do Trabalho do Sindicato, Daniele Moretti, “é preciso estar atento aos sinais, que muitas vezes são ignorados porque são dados como mitos e acabamos vendo nossos colegas de trabalho, nossos familiares e pessoas que amamos se suicidando porque relevamos as evidências!”.

O Sindicato, preocupado com essa questão tão presente nos trabalhadores, disponibiliza aos comerciários e seus dependentes uma equipe que trata as questões psicológicas, com médicos e  psicólogos especializados nesta área, com atendimento na sede e em seu núcleo de atendimento de Miguel Pereira.

O Sindicato também está sempre presença nas eleições, participando da criação e fortalecimento da Comissão Interna de Prevenção Acidente (CIPA), que é fundamental para os trabalhadores, com mais esse instrumento de apoio. Dentro das empresas, as CIPAs podem atuar diretamente na prevenção de casos ligados ao mundo do trabalho, além de casos de suicídio, há situações de depressão e transtorno bipolar que podem ser abordados com os trabalhadores para procurarem ajuda antes que aconteça.

“Quem trabalha no comércio sabe bem: desemprego, queda nas vendas, incertezas… situações que mexem com a cabeça da comerciária e do comerciário. É preciso ficar de olho e procurar ajuda quando sentir que há algo diferente”, afirma Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Especialistas relatam que muitos suicídios acontecem porque acreditarmos em alguns  mitos, por exemplo:

“Pessoas que  ameaçam se matar, estão apenas querendo chamar a atenção”. Isso é falso, pois a pessoa pode sim estar passando por um período difícil de sua vida e estar solicitando ajuda. Toda e qualquer ameaça a de suicídio deve ser levada a sério.

“O suicídio acontece sem aviso”. Também é falso porque apesar de muitos pensarem ser um ato impulsivo, isso nem sempre é verdade. Muitas pessoas pensam em suicídio constantemente. Além disso, muitos suicidas comunicam seu sofrimento diariamente a outras pessoas.

“O suicídio só acontece com os outros”. Não é verdade. O suicídio pode ocorrer com quaisquer pessoas que estejam em um alto grau de sofrimento. Sempre queremos lembrar  que o sofrimento independe de dinheiro, classe social, etc.

Qualquer pessoa que tentou suicídio uma vez, poderá tentar novamente. As tentativas são um indicador de que o suicídio pode realmente ocorrer.

Nessa hora é sempre bom procurar ajuda

As consultas são com hora marcada e seguem as medidas de segurança de acordo com as orientações das autoridades de saúde, com uso de máscara obrigatório, disponibilização de álcool gel e manutenção do distanciamento necessário.

Para agendar a consulta no Rio, ligue para 3266-4175. Local: Rua André Cavalcanti, 33 – Lapa. A agenda da consulta no núcleo de Miguel Pereira (Rua Cesar Lates, 205, Centro.) é feita através do telefone (24) 2484-2671.