Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Sindicato multou 368 lojas no último feriado

A equipe que realizou a fiscalização das lojas no Shopping Rio Sul, liderada pela diretora Tânia Herthal

A equipe que realizou a fiscalização das lojas no Shopping Rio Sul, liderada pela diretora Tânia Herthal (anotando)

Fiscalização na loja Alphabeto

Fiscalização na loja Alphabeto

Grande fiscalização foi realizada por mais de 60 agendes sindicais, entre eles advogados e diretores do Sindicato dos Comerciários, no último feriado de Nossa Senhora Aparecida (12/10). A ação foi motivada pelo alto número de estabelecimentos comerciais que não firmaram acordo com o Sindicato para funcionar no feriado nacional. As equipes percorreram ruas e shoppings do Rio, Miguel Pereira e Paty do Alferes e autuaram 368 lojas, com multas de R$ 200 por funcionário.

“A ação foi um sucesso. Além de nos colocar mais próximos de nossas bases, ouvindo suas principais demandas e reclamações, a fiscalização deixa claro para comerciários e patrões que esta é uma nova gestão. Antes, não havia nada disso e muitos direitos dos trabalhadores eram desrespeitados, mas, felizmente, agora a coisa mudou e estaremos sempre presentes”, afirmou o presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer.

Os acordos coletivos de trabalho firmados entre o Sindicato e as empresas garantem direitos e benefícios para os empregados. Por isso a importância de monitorar seu cumprimento. São direitos do comerciário que trabalha nos feriados: adicional de 100% sobre as horas trabalhadas, jornada máxima de 6 horas (8 horas para trabalhadores de supermercados), fornecimento de lanche, jantar ou vale refeição de R$ 12,00, auxílio para pagar o transporte casa-trabalho-casa e folga em até 30 dias após o feriado. Contudo, isso nem sempre é respeitado.

Mais uma vez, Via Varejo foi autuada Era só a equipe de fiscalização chegar às lojas do Ponto Frio e Casas Bahia para que seus gerentes já se adiantassem para assinar a autuação. É que a Via Varejo, grupo responsável pelas duas empresas, não aceita negociar com o Sindicato e já orientou seus funcionários a assinar a autuação de forma automática. A última edição do Jornal do Comerciário, inclusive, trouxe informações sobre como a negociação com a rede vem acontecendo de forma lenta e hostil. E quem paga a conta são os comerciários.

“Este plano de saúde não me atende. Se algum dia eu tiver um problema grave com minha filha relacionado à ortopedia, já sei que será um grande sacrifício encontrar alguém que nos atenda. Tive problemas na lombar e o único lugar que aceita o plano é em Madureira, longe de onde eu moro e trabalho”, disse uma comerciária das Casas Bahia que não quis se identificar durante a fiscalização do feriado no Shopping Rio Sul.

Mais reclamações A vendedora M.F, da loja de moda infantil Alphabeto (que assinou o acordo de feriado com o Sindicato), aproveitou a presença dos agentes sindicais para reclamar: “Eu tenho direito a uma folga na semana por trabalhar domingo e quando trabalho também no feriado o patrão quer me dar apenas uma folga! E tem mais: aqui, nossa comissão é contabilizada em cima de 2,5% de nossas vendas, valor defasado, totalmente abaixo do que recebem nossos colegas do shopping”, reclamou.  

A equipe que fiscalizou as lojas no Shopping Nova América, liderada pela diretora Ana Paula Costa (a frente)

A equipe que fiscalizou as lojas no Shopping Nova América, liderada pela diretora Ana Paula Costa (a frente)

 

Denuncie Caso você seja desrespeitado em qualquer dos benefícios a que tem direito ou se sua loja abrir no feriado sem autorização do Sindicato, não fique calado. Denuncie! Não é preciso se identificar, basta relatar o problema e informar o nome, endereço e CNPJ da empresa. As queixas podem ser encaminhadas pelo email denuncia@secrj.org.br, feitas pelo telefone (21) 3266-4104 ou apresentadas pessoalmente no Setor de Denúncias, na Sede do Sindicato (Rua André Cavalcanti, 33 – Bairro de Fátima).

Imagens: Diego Cotta e Arquivo/ Sindicato dos Comerciários