Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Sindicato faz ato na portaria da Dime Atacadista

Os diretores do SECRJ fizeram, na manhã desta quinta-feira (27), um ato na porta da DIME Atacadista para informar os trabalhadores sobre os impasses que estão acontecendo nas negociações da campanha salarial dos comerciários do setor atacadista de materiais de construção. O presidente do sindicato, Márcio Ayer, falou aos trabalhadores sobre a importância da campanha salarial e a mudança radical na atuação do sindicato.

“Nossa categoria nunca viu o sindicato defender os direitos dela e nunca tentou fazer com que os trabalhadores tenham conquistas. Agora mudou, nossa diretoria está firme na defesa dos interesses dos comerciários. Nós não vamos arredar o pé da frente das empresas, até que o sindicato patronal apresente uma proposta que traga benefícios concretos para os comerciários,” discursou o presidente.

Segundo Márcio, as negociações não avançaram visto que o sindicato patronal não quer dar nada de ganho real para os trabalhadores, somente a inflação. “Nossa proposta é de 10% mais a inflação do período. Esse valor garante as perdas históricas acumuladas da categoria que somadas à lucratividade do setor nesse período é uma proposta razoável,” explica o dirigente.

Vários diretores estiveram presentes no ato e fizeram uso da palavra para convocar os trabalhadores para luta, dentre eles estavam: José Cláudio, Ana Paula, Marcelo Black, Sandra Carvalho, Edison Machado, Renato Bernardino, Marcelo Colopy, Diego de Freitas, Vinícius Moraes, Daniele Moretti e o delegado sindical Marcelo Bizerra.    

Informar o trabalhador é uma prioridade – José Cláudio, diretor do sindicato, avaliou que a atividade mostra um novo tempo para a categoria, uma vez que agora os trabalhadores estarão informados de como o sindicato está conduzindo as negociações. “Vamos em cada uma das empresas para explicar detalhadamente a intransigência dos patrões. Isso é fundamental para nossa categoria ter certeza da nossa luta por conquistas reais, além de ser fundamental para dar transparência ao processo de negociação”, destacou.   
É preciso formalizar o acordo – Márcio destacou ainda a importância das empresas formalizarem o Acordo Coletivo de Trabalho.  Segundo o diretor, o Sindicato têm ciência  de que muitas empresas pagam benefícios para os trabalhadores, normalmente insuficientes, mas é importante firmar o acordo para que eles não sejam retirados por qualquer motivo. “Sabemos que a Dime Atacadista já oferece aos seus trabalhadores vários benefícios, mas é preciso formalizar os acordos para dar segurança ao trabalhador de que esse benefício não será retirado”, orientou.

 

Imagens: Wellington Santos

IMG_5451