Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Sindicato garante pagamento do adicional aos domingos na Via Varejo

Dona das lojas Ponto Frio e Casas Bahia, a Via Varejo vai regularizar o pagamento do adicional de 50% sobre o valor das horas trabalhadas aos domingos, como determina Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada entre os patrões e o Sindicato dos Comerciários. 

A empresa vinha descumprindo este item da convenção, mas agora pagará os retroativos a partir de março de 2019, em duas vezes, e vai aplicar esse direito de hoje em diante para os comerciários que trabalham aos domingos. A primeira parcela será paga em janeiro e a segunda, em fevereiro.

A denúncia do não pagamento deste adicional foi feita por uma funcionária da empresa que entrou em contato com a direção do Sindicato. A partir disso, foi possível cobrar da Via Varejo o cumprimento da Convenção Coletiva.

Vale lembrar ainda que os comerciários que trabalham aos domingos recebem ajuda para o transporte (casa-trabalho-casa) e alimentação no valor de R$ 23,50, caso não recebam ticket diário. A jornada máxima é de 7h20 e é garantido o descanso semanal remunerado. O dia correspondente ao repouso deverá ser obrigatoriamente concedido na própria semana.

“Desde o ano passado, o governo federal vem tentando retirar direitos de quem trabalha aos domingos e feriados. Estamos resistindo, pois esse ano patrões e governo continuarão tentando arrancar nossos direitos. Por isso, é muito importante que os comerciários tenham uma convenção coletiva que assegura conquistas de quem trabalha aos domingos”, afirma Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Sua empresa vacilou? Faça uma denúncia e nos ajude a fiscalizar. Não é preciso se identificar, basta acessar secrj.org.br/denuncias, relatar o problema e informar o nome, endereço e CNPJ da empresa. Sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo. Acesse secrj.org.br/denuncias e preencha todos campos com cuidado ou, se preferir, escreva para denuncia@secrj.org.br.