Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

SAARA diz não ao 1,5% do patrão

Foto: Rafael Rodrigues/ Comerciários

O Sindicato dos Comerciários foi nesta terça-feira (3/7) às ruas do SAARA, no Centro do Rio, conversar com os trabalhadores sobre a negociação das Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs) 2018-2019. A categoria rejeitou em peso a proposta indecente dos patrões, que oferecem apenas 1,5% de reajuste nos salários e não aceitam discutir as outras reivindicações dos trabalhadores.

O Sindicato fez muito barulho por onde passou, principalmente nas lojas que são foco de denúncias dos trabalhadores em função de desrespeito às leis trabalhistas e outros abusos patronais. A Avenida Passos, principal artéria de circulação da região, chegou a ter o trânsito interrompido em dois momentos, com o objetivo de dar à luta dos comerciários maior visibilidade junto aos demais cariocas.

Foto: Rafael Rodrigues/ Comerciários

Vendedores, balconistas, caixas, estoquistas e pessoal de apoio também ficaram de cabelo em pé ao saber que os patrões ainda querem colocar nas CCTs o contrato de trabalho intermitente, a escala de 12×36 e o horário de almoço de apenas meia-hora.  

Possibilidade de greve – “Não vamos ceder direitos. Fizemos várias plenárias (Centro, Madureira, NorteShopping e BarraShopping), uma grande Assembleia (em Campo Grande) e estamos nas ruas todos os dias, visitando lojas e supermercados. Dez entre dez trabalhadores consideram inaceitável a proposta dos patrões. Se não melhorar e os trabalhadores decidirem por uma jornada de greves, o Sindicato vai apoiar”, garante a presidenta interina do Sindicato, Alexsandra Nogueira”.

Foto: Rafael Rodrigues/ Comerciários