Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Registradas as convenções do Sindigêneros

Esse ano as negociações do reajuste salarial aconteceram num ambiente de muita dificuldade. Além da crise e dos ataques do governo Temer aos direitos trabalhistas, os patrões insistiram em reajustar os salários abaixo da inflação.

Em resposta, o Sindicato dos Comerciários botou o bloco na rua para garantir a preservação do poder de compra dos nossos salários e derrotar a reforma trabalhista em nossas convenções coletivas de trabalho. Depois de muita mobilização, paralisações e várias rodadas de negociação conseguimos importantes vitórias, fruto da unidade de toda a categoria:

    • Todos os direitos mantidos – Não implantação da reforma trabalhista no comércio do Rio;
    • Reajuste de 2,2% nos salários – inflação do período foi de 1,69%;
    • Reajuste de 3% no piso e na garantia dos comissionistas;
    • Lanche de R$22 aos sábados, domingos e feriados

 

 

Vale a sua participação! O Sindicato é a melhor forma dos trabalhadores defenderem seus direitos e aumentarem seus benefícios. O resto é prejuízo. Desde que a nova gestão assumiu o Sindicato, garantimos que os comerciários não tivessem perdas salariais para a inflação e consolidamos uma série de direitos.

O Sindicato também garante direitos e benefícios, tais como:

  • Atendimento jurídico gratuito e de qualidade para todos os comerciários;
  • Atendimento médico e odontológico para sócios e suas famílias;
  • Colônia de Férias com preços especiais para sócios e familiares;
  • Convênios com descontos educacionais para sócios e seus dependentes;
  • Restaurantes no Rio Sul e Norte Shopping, com preços de dar água na boca.

Convenções depositadas – O Sindicato dos Comerciários do Rio informa que foi feito o depósito no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) das Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs) válidas para regulamentar o trabalho nas empresas da base da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico, Eletrônicos e Eletrodomésticos do Rio de Janeiro; Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Município do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio de Maquinismo, Ferragens, Tintas, Louças, Vidros e Materiais para Construção a Varejo do Município do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio Varejista de Material Óptico, Fotográfico e Cinematográfico dos Municípios do Rio de Janeiro e Niterói; Sindicato do Comércio Varejista de Móveis e Decorações do Município do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e Acessórios do Município do Rio de Janeiro; Sindicato do Comércio Varejista de Joias do Município do Rio de Janeiro; Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços Funerários do Município do Rio de Janeiro.

O prazo para entrega da carta de oposição à contribuição assistencial vai até o dia 22 de outubro, nos dias úteis, das 9h às 16h, na sede do Sindicato (R. André Cavalcanti, 321), no NAS Campo Grande (R. Iaçu, 74) ou no NAS Miguel Pereira (Av. Roberto Silveira, 115/ 207). Interessados devem comparecer pessoalmente portando duas vias da carta, sendo ao menos uma de próprio punho, e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Na ausência de CTPS original deverá ser apresentado o contracheque do mês de setembro e cédula de identidade original.