Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Projeto cria área de descanso para trabalhadores de shoppings

Diretores do Sindicato ocupam uma das galerias da Assembleia Legislativa durante a primeira votação do projeto. Foto: Wellington Santos/ Comerciários

Um lugar para esticar as pernas e ir ao banheiro de boas, sem ser aperreado pelos clientes. É o que determina o projeto de lei (PL nº 2549/2017), que começou a tramitar semana passada na Assembleia Legislativa. A medida exige a criação de “local reservado ao descanso durante seus intervalos” para os trabalhadores de todos os shopping centers do Estado do Rio de Janeiro. Segundo o projeto, a área de descanso deverá ser de acesso exclusivo dos funcionários, possuir instalações sanitárias, ser compatível com o número de trabalhadores, ampla, arejada e sem barulhos.

O Sindicato dos Comerciários do Rio foi à ALERJ conversar com deputados, para pressionar a aprovação do PL e sugerir ajustes. Sensibilizada, a deputada Enfermeira Rejane apresentou emendas para garantir banheiros exclusivos para mulheres e a acessibilidade das pessoas com deficiência.

O PL poderia seguir mais rápido para votação se não fosse o deputado Luís Paulo. Tomando partido dos patrões e donos de shoppings, ele votou pelo retorno do projeto para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Lá, o PL deverá receber um parecer de que não fere a Constituição. Se o restante da tramitação correr bem, a lei deverá ser aprovada ainda no primeiro semestre do ano.  

Ajustes necessários – “Queremos sugerir alterações para que a lei não fique só no papel. Quem vai fiscalizar e quanto será a multa para quem não criar os espaços de descanso? Sem isso, nada vai obrigar os shoppings a cumprir”, comentou com deputados o presidente do Sindicato, Márcio Ayer. Ele destacou, contudo, que o projeto é de grande importância para a categoria e poderá beneficiar quase 120 mil trabalhadores.

O presidente do Sindicato dos Comerciários do Rio, Márcio Ayer, foi à Alerj convencer deputados a votar favoravelmente ao projeto e pedir melhoras em seu texto. Foto: Wellington Santos/ Comerciários

“Os funcionários das lojas de shoppings trabalham muitas horas de pé, com muitos prejuízos para a saúde, como problemas circulatórios, dores nas pernas e nas costas. Aliás, dor na coluna é a principal causa de afastamento de comerciários pelo INSS. Nesse sentido, um lugarzinho pra se esticar no intervalo é algo que não tem preço”, acrescentou Márcio.