Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Ordem na casa: SECRJ realiza I Seminário de Gestão

seminário em Vila RicaNo último final de semana (de 14 a 16/8) todos os 30 diretores do Sindicato participaram de um seminário de gestão, realizado na colônia de férias do SECRJ em Paty do Alferes, o primeiro realizado pela entidade desde a posse da nova diretoria em julho. Na abertura do encontro o presidente do SECRJ, Márcio Ayer, comentou o atual momento político enfrentado pelo país e ressaltou a importância do seminário para a ampliação do potencial de conquistas do Sindicato.

“Essa diretoria tem um papel histórico a cumprir, que não podemos deixar escapar por entre os dedos. Nossa unidade é o que temos de mais importante para cumprir essa missão”, ressaltou Márcio. A vice-presidenta Sandra Nogueira, responsável pelas ações e atividades de formação do SECRJ, também comentou a importância do evento: “É um investimento fundamental que fazemos para melhorar a ação política de nossa diretoria e, em consequência, estruturar o Sindicato para a luta por melhores condições de vida, trabalho e salários para os trabalhadores do comércio”.

Ainda na abertura, o ex-inteventor da Justiça do Trabalho no SECRJ, José Carlos Nunes, foi convidado a apresentar aos diretores um relato detalhado sobre todo o processo da intervenção e auditoria nas contas das gestões passadas do Sindicato. Ele também falou sobre o papel que irá cumprir a partir de agora, coordenando a finalização da auditoria, que vai continuar até que seja conhecida a sentença final do processo judicial.

Na sequência, com o apoio de formadores do Centro de Estudos Sindicais (CES), os diretores participaram de dinâmicas de grupo, aprofundaram seus conhecimentos sobre todos os setores do SECRJ, e discutiram estratégias para melhorar o trabalho desenvolvido em benefício dos comerciários do Rio, Miguel Pereira e Paty do Alferes. Terminaram o encontro mais entrosados, conscientes e ainda mais determinados a fazer do SECRJ uma entidade de lutas e conquistas para a classe trabalhadora.