Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

O combinado não sai caro. Paga os 10%, patrão!

Patrão que vacilar vai ter que aturar o Sindicato na porta da loja. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Patrão que vacilar vai ter que aturar o Sindicato na porta da loja. Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Os sindicatos dos patrões de todo o comércio do Rio já assinaram as Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs)* com o reajuste de 10% nos salários, retroativo a maio, e todas as demais conquistas da nossa Campanha Salarial. Apesar disso, ainda tem patrão por aí pensando que tira onda de esperto. Com as desculpas mais esfarrapadas, quer jogar pra frente o seu aumento. Entenda o que você deve exigir e saiba como se defender.

Quem recebe os 10%? – Todos os comerciários que tinham mais de um ano de empresa em maio de 2016 têm direito ao reajuste integral. Quem foi admitido entre maio de 2015 e maio de 2016 terá reajuste proporcional. Para saber o percentual, multiplique o número de meses trabalhados no período por 0,83. Caso o valor do seu salário reajustado em 10% não atinja o piso de R$ 1.090, ainda assim seu salário será de R$ 1.090, pois nenhum comerciário (com exceção daqueles em regime de experiência) poderá receber menos que este valor.

Tem retroativo? – Sim! O reajuste no salário e no piso salarial vale para os meses de maio, junho, julho, agosto e setembro. Esse retroativo poderá ser pago em até duas parcelas, em outubro e novembro. Se não veio nada no contracheque que saiu agora, nada impede que a empresa abra uma folha de pagamento suplementar em outro momento do mês. Também pode pagar o retroativo integral no mês que vem. Mas ATENÇÃO! O retroativo tem que estar todo pago até, no máximo, o quinto dia útil de novembro. Se passar disso, tá errado!

E se o patrão vacilar? – Vai ter que enfrentar as consequências na Justiça do Trabalho, multas e – o que costuma irritar mais ainda – ter que aturar o Sindicato em peso na porta da loja, queimando a marca e denunciando seu desrespeito aos trabalhadores.

Denuncie o patrão falcatrua – O Sindicato vai jogar duro pra fazer valer os direitos dos comerciários. Se você não receber o aumento ou receber menos do que deveria, denuncie ao Sindicato! Reúna cópias dos contracheques ou qualquer outra prova e entre em contato pelo email juridico@secrj.org.br. Ou venha pessoalmente ao Departamento Jurídico do Sindicato, que atende na Sede da R. André Cavalcanti, em Campo Grande e no BarraShopping.

Acesse www.comerciariosrio/acordos-e-convencoes/ e encontre essas e outras informações sobre as assinaturas e outras conquistas da CCT 2016/2017.

*Com exceção do sindicato do comércio atacadistas de alimentos.