Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

S.O.S Ministério do Trabalho

Fotos: Rafael Rodrigues/ Comerciários

Não tem fim o esculacho do governo golpista com o trabalhador. Temer agora quer despejar a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) do prédio histórico que há 80 anos ocupa na Av. Presidente Antônio Carlos, no Centro do Rio. Subordinado ao Ministério do Trabalho, o órgão é um dos mais importantes para resolver conflitos entre trabalhadores e patrões. De gota em gota, o vampirão quer deixar secar toda a rede de proteção dos direitos trabalhistas. Mas não será sem luta e resistência.  

Na manhã desta quarta-feira (28/2), a diretoria do Sindicato dos Comerciários do Rio engrossou a manifestação dos servidores do Ministério do Trabalho e centrais sindicais contra o desmonte dos serviços de atendimento ao trabalhador. “Querem tirar a SRTE de um local que já é referência pra colocar num prédio sucateado, de difícil acesso, ao lado do aeroporto Santos Dumont. Se pudesse, o Temer jogava era no fundo da Baía de Guanabara tudo é quanto órgão que defende o interesse do trabalhador”, reclamou a diretora do Sindicato Rosângela Rocha no ato em frente à sede do Ministério no Rio.

“A unidade dos trabalhadores é a única forma de enfrentar o golpe. O Temer assumiu um compromisso com a classe dominante para chegar ao poder e agora tem que pagar a conta. Ele já fez a reforma trabalhista. Teve que recuar, mas continua querendo a reforma da Previdência. E vai querer cortar todos os meios de defesa que o trabalhador tem nesse país, entre eles os sindicatos e a estrutura dos mediadores do Ministério do Trabalho. Temos que lutar nas ruas e nas urnas contra esse desmonte. É uma questão que diz respeito a todos nós trabalhadores”, acrescentou o diretor do Sindicato José Cláudio Oliveira.