Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Loja no NorteShopping das Casas Bahia: quente e vazia

A gerência ligou ventiladores na área dos caixas para tentar, inutilmente, reduzir a temperatura do ambiente. Foto: Rafael Rodrigues/ Comerciários

O verão nem chegou, mas quem trabalha ou compra nas Casas Bahia no NorteShopping já está morrendo de calor. Por conta de problemas no sistema de ar condicionado, que já dura mais de quatro meses, em algumas partes da loja a sensação térmica passa dos 40º. Há relatos de que clientes e comerciários já passaram mal com o calor e tiveram que ser atendidos pelos brigadistas do shopping. Os trabalhadores também sofrem com a queda das vendas, porque poucos clientes conseguem ficar mais de cinco minutos no local.

Acionada por denúncias, uma equipe de fiscalização do Sindicato dos Comerciários esteve no estabelecimento. O caso foi encaminhado à Vigilância Sanitária Municipal, que é responsável pela fiscalização das condições de saúde e higiene nos locais de trabalho do Rio. O Sindicato também tenta agilizar a solução do problema junto à Via Varejo, dona das marcas Casas Bahia e Ponto Frio.

“As condições de trabalho na loja estão insalubres, principalmente no estoque, nos caixas e no setor de atendimento ao cliente. No inverno dava para aguentar, mas tá ficando difícil. Toda semana eles diziam que ia ser resolvido, mas semana passada vieram com o papo de que depende de uma peça que vai vir de São Paulo em mais 40 ou 50 dias. No verão, se ainda estiver assim, a irritação dos clientes vai explodir. Domingo passado deu até briga na fila do caixa”, contou ao Sindicato um vendedor da loja.

Boca no trombone – “Ninguém deve aceitar trabalhar nessas condições sem denunciar ao Sindicato. Faça uma denúncia formal para que a fiscalização chegue à sua loja. Nosso Setor de Denúncia facilitou as coisas com um aplicativo exclusivo para as denúncias de funcionários. As denúncias são anônimas”, lembra o presidente do Sindicato, Márcio Ayer, que recomenda o uso do aplicativo comerciariodenuncia.org.br.

Nosso Departamento Jurídico também está à disposição para tirar dúvidas e dar orientação especializada sobre como proceder exigir condições adequadas de trabalho. O atendimento é presencial e gratuito, na sede do Sindicato (R. André Cavalcanti, 33 – Lapa), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30. Mais informações pelos telefones (21) 3266-4168 ou 3266-4155. Também há atendimento na subsede de Campo Grande (segundas, quartas e sextas-feiras, das 10h às 16h) e do BarraShopping (às quintas feiras, das 9h às 17h). Em Madureira, o atendimento acontece às terças das 9h às 13h e às quintas das 13h às 17h. O endereço é R. Américo Brasiliense, 158.