Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Liminar protege trabalhadores do Carrefour

O Sindicato conseguiu na justiça uma liminar que garante que as filiais do supermercado Carrefour só podem funcionar nos feriados com acordo homologado no Sindicato, assim como determina a Convenção Coletiva de Trabalho. O objetivo da homologação é garantir que os direitos dos trabalhadores sejam cumpridos. A liminar trata também das folgas referentes aos domingos e feriados. O não cumprimento de ambos os pontos gera uma multa ao empregador.

“O Carrefour é uma das empresas que vem descumprindo pontos da convenção. Agora, vai precisar apresentar os documentos que foram solicitados e se acertar com a Justiça e com os comerciários, sob pena de multa. Isso vale tanto para as homologações de trabalhos aos feriados, quanto para as folgas dos domingos e feriados. A CCT foi feita para proteger os trabalhadores dos abusos dos patrões e das novas regras trabalhistas criadas pelo desgoverno do Temer. Vamos fiscalizar e intervir sempre que for necessário ”, garante Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

O Setor Jurídico do Sindicato conta com dezenas de ações coletivas contra supermercados que descumprem as regras para o trabalho aos domingos e feriados. As irregularidades chegam por meio de denúncias no email, Whatsapp, no nosso canal exclusivo para denúncias e também durante as fiscalizações. “A participação do comerciário tem sido essencial para que a gente acabe com as irregularidades que rondam o comércio. Essa liminar do Carrefour é uma das nossas vitórias, mas a batalha ainda é grande, temos muito o que fazer”, explica o diretor Edson Machado.

Veja as regras e, em caso de irregularidades, denuncie pelo comerciariodenuncia.org.br ou pelo e-mail: denuncia@secrj.org.br

Trabalho aos domingos:

  • A cada dois domingos trabalhados, o seguinte precisa ser de descanso. É o que chamamos de sistema  2×1.
  • O trabalhador tem direito a uma folga relativa ao domingo trabalhado.
  • Direito ao descanso semanal remunerado. Ou seja, nas semanas em que você trabalhar no domingo, terá dois dias de descanso. Caso isso não aconteça, a empresa precisa te pagar o valor referente a esse dia de trabalho;
  • A empresa precisa fornecer alimentação dos funcionários seja em forma de tíquete/vale, in natura ou em espécie;
  • Transporte.

Trabalho nos feriados:

  • Carga máxima permitida é de 8h (já incluindo o horário de almoço), sem prorrogação;
  • Pagamento do valor de R$ 30, a ser pago em prêmio, ticket alimentação/refeição ou vale compras;
  • Folga compensatória em até 30 dias seguintes ao dia trabalho (caso a empresa não cumpra você tem direito a receber o feriado acrescido de 100%);
  • Refeição;
  • Transporte.

Enredo – O Carrefour cortou as horas extras dos trabalhadores, demitiu quem pediu orientação ao Sindicato e, mais: comerciários denunciam diversas irregularidades, como o desvio de função e assédio moral. Depois da assembleia que determinou o estado de greve, centenas de famílias aguardam o fim da negociação. (Leia mais)