Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Coletivo Margaridas na plenária da União Brasileira de Mulheres

Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

Imagem: Wellington Santos/ Comerciários

As ativistas do Coletivo Margaridas do Sindicato dos Comerciários do Rio, que organiza as mulheres comerciárias para a luta contra o machismo, participaram no último domingo (28) da plenária estadual da União Brasileira de Mulheres do Rio de Janeiro (UBM-RJ). O evento teve como objetivo definir os rumos da luta emancipacionista e contou com a presença de mulheres de todo o Estado do Rio e representantes de vários outros coletivos de mulheres. 

O evento teve como palestrantes a diretora estadual da UBM Célia de Almeida, a secretária municipal de Políticas para Mulheres e fundadora da UBM, Ana Rocha, a coordenadora nacional da UBM Raimunda Leone e a representante do Coletivo de Jovens Feministas Bia Lopes. Fundado em janeiro passado, o Coletivo Margaridas participou pela primeira vez. Foi representado pelas diretoras do Sindicato Alexsandra Nogueira, Rosangela Rocha, Daniele Moretti e Sônia da Silva.

Os debates se deram em torno do cenário político do país, da organização das jovens mulheres e da realidade da luta emancipacionista no Brasil e no Rio.  As ativistas também trocaram experiências e opiniões sobre o movimento de mulheres e redefiniram a direção da UBM até o próximo Congresso da entidade.

O 8 de março e a luta emancipacionista – O Coletivo Margaridas se organiza para participar do ato “Mulheres – Mais Direitos é Mais Democracia”, que será realizado na Central do Brasil, para marcar a passagem do Dia Internacional das Mulheres, em 8 de março. No dia seguinte, a vice-presidenta do Sindicato, Alexsandra Nogueira, receberá uma homenagem da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres do Rio de Janeiro, representando a luta das mulheres comerciárias.

A luta pela emancipação das mulheres é a combinação da luta contra o machismo e pelos direitos da mulher, com a luta pelos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras. O Brasil tem cinco milhões de mulheres a mais que homens. Isso não quer dizer que a nação seja liderada com a participação delas ou que a população feminina tenha os mesmos direitos e oportunidades que têm os homens. O Coletivo Margaridas tem a missão de se alinhar à luta emancipacionista – e daí a importância de nossa participação nas plenárias da UBM – para vencer o machismo e a desigualdade de gênero no comércio do Rio.

Na imagem, da esquerda para a direita, a assessora Pâmela Martins e as diretoras Daniele Moretti, Rosangela Rocha, Alexsandra Nogueira e Sônia da Silva. Foto: Wellington Santos/ Comerciários

Na imagem, da esquerda para a direita, a assessora Pâmela Martins e as diretoras Daniele Moretti, Rosangela Rocha, Alexsandra Nogueira e Sônia da Silva. Foto: Wellington Santos/ Comerciários