Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Categoria rejeita pacote de maldades dos patrões

Plenária no restaurante do Sindicato no Rio Sul. Imagem: Rafael Rodrigues/ Comerciários

Os comerciários da Zona Sul se somaram aos colegas de outros bairros para dizer não ao pacote de maldades dos patrões. Em plenária realizada nesta quarta-feira (20/6), no restaurante do Sindicato no Rio Sul, os trabalhadores concordaram que é preciso barrar os retrocessos que os patrões querem colocar nas Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs) 2018-2019. Funcionários de supermercados, lojas de eletroeletrônicos, sapatarias, livrarias, joalherias e vestuário, ninguém aceita a pauta patronal. Alguns falam, inclusive, em radicalizar a luta para pressionar as empresas a oferecer condições mais favoráveis e reajuste de salário acima da inflação.

“Trabalho intermitente, semana espanhola, homologação facultativa, dentre outras maldades da reforma trabalhista, são coisas que querem enfiar nas CCTs, mas que nós não aceitamos”, pontuou o diretor Marcelo Black, que é também gerente da loja Reserva. “Esse 1,5% que eles oferecem, abaixo da inflação, não dá nem pra saída, mas se não houver pressão, pro patrão tá favorável. Precisamos ser valorizados, pra isso é preciso ir à luta, chamar até greve se for preciso”, avaliou o vendedor X.Y.Z., que trabalha em uma loja de departamentos no shopping.

“A reforma é um desastre. Nos últimos sete meses, as empresas deixaram de pagar milhões com as demissões negociadas sem o pagamento da multa de 40% sobre o FGTS. Sabe-se lá também o quanto lesaram os trabalhadores nas demissões feitas sem homologação do Sindicato. Em contrapartida, nenhum emprego foi criado no país. Pelo contrário, o desemprego só aumenta e as condições de trabalho estão cada vez mais precarizadas. Só a força dos sindicatos poderá impedir este desmonte. Isso vale agora para nós comerciários, que precisamos estar unidos para evitar esses retrocessos em nossas CCTs”, acrescentou a presidenta interina do Sindicato, Alexsandra Nogueira.

A palavra final sobre os próximos passos da Campanha Salarial será dada pela categoria. Além das plenárias locais já realizadas – Madureira, NorteShopping e Rio Sul – haverá nova rodada no Núcleo do Sindicato no BarraShopping, na próxima quinta-feira (28/6), às 14h e às 16h30. Antes, porém, haverá um evento maior, a Assembleia Geral dos Comerciários, convocada para o próximo sábado (23/6), a partir das 16h, no Núcleo do Sindicato em Campo Grande (R. Iaçu, 74, ao lado da rodoviária).  

Participe! A defesa dos nossos direitos depende da sua participação.